Nelson Almeida/AFP
Nelson Almeida/AFP

Milton Cruz lamenta atuação inspirada do goleiro do Cruzeiro

Fábio impediu que São Paulo levasse vantagem maior para Minas

CIRO CAMPOS, O Estado de S. Paulo

07 de maio de 2015 | 11h05

A vitória do São Paulo por 1 a 0 sobre o Cruzeiro, nesta quarta-feira, poderia ter sido maior não fosse o goleiro adversário. O técnico do time tricolor, Milton Cruz, lamentou após a partida que Fábio tenha sido um dos melhores em campo e evitado um placar mais elástico para a equipe poder jogar com mais tranquilidade na próxima semana, quando decide em Belo Horizonte a vaga nas quartas de final da Copa Libertadores.

O cruzeirense fez quatro excelentes defesas ao longo do jogo e só levou gol aos 37 minutos do segundo tempo, em uma cabeçada de Centurión. "Poderia ter sido um placar maior. A gente sabe que o Fábio foi um dos melhores, merece os parabéns", disse o treinador ao fim do jogo. Milton Cruz disse não temer o jogo de volta mesmo com a vantagem magra e lembrou que deve voltar a contar com o meia Michel Bastos.

O jogador desfalcou o time nesta quarta-feira por estar com dengue e a esperança do clube é que retorne na próxima semana. "Não é tao forte a doença dele e o Michel até veio para o jogo e deu apoio para o time. Então, acho que talvez possa contar com ele na volta", afirmou o treinador. Na vaga do camisa 7, entrou o argentino Centurión, autor do gol da vitória.

Para o treinador, a grande virtude da equipe foi demonstrar paciência justamente diante de um goleiro que se destacou. "Temos que ressaltar o trabalho dos jogadores, que cumpriram do começo ao fim o que foi determinado e não desanimaram mesmo com o Fábio. O time foi buscar o resultado até os últimos minutos", elogiou. Nesta Libertadores, além do jogo contra o Cruzeiro, o São Paulo garantiu a vitória no fim também em cima do San Lorenzo e do Danubio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.