Rafael Arbex/ Estadão
Rafael Arbex/ Estadão

Milton Cruz promete maior presença de garotos no São Paulo

Coordenador quer fazer aproximação dos jovens com o profissional

CIRO CAMPOS, O Estado de S. Paulo

26 de julho de 2015 | 19h45

O São Paulo utilizou seis jogadores das categorias de base para ganhar do Cruzeiro por 1 a 0 neste domingo, pelo Brasileirão, no Morumbi. A aposta em jovens revelados pelo próprio clube é uma solução para a falta de condições para contratar jogadores renomados e, segundo o coordenador técnico Milton Cruz, a ideia é fazer uma aproximação maior dos jovens com os profissionais.

Lucão, Rodrigo Caio, Boschilia e João Schmidt foram titulares na vitória. João Paulo entrou no segundo tempo. Além deles, o veterano Rogério Ceni, também revelado na base, completa a lista de atletas da casa. "A situação do País está difícil, estamos observando o mercado, mas estamos de olho na base em busca de peças para o elenco", disse Milton Cruz, que neste domingo comandou o time no lugar do treinador, que cumpriu suspensão.

Recentemente o São Paulo promoveu da base o zagueiro Lyanco e o lateral-esquerdo Matheus Reis. O zagueiro Breno, de 26 anos, também está para reestrear pelo clube. O plano da comissão técnica é de aproximar os categorias profissional e de base para ajudar na busca por jogadores e na adaptação dos jovens ao time de cima. "A partir da semana que vem ou outra vamos ao CT de Cotia para Osorio (técnico do time) conhecer ou trazer os garotos para treinarem no CT e conhecerem a equipe", disse Milton.

Apesar da dificuldade em contratar, o clube está à procura de reforços pontuais para o restante da temporada. O técnico Juan Carlos Osorio admitiu na última sexta-feira que a comissão técnica tem analisador de partidas para encontrar jogadores da Série B, já que não é mais possível contratar atletas de outro país. A janela de transferências se fechou na última terça-feira.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCMilton Cruz

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.