Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Milton faz mudanças e escala Luis Fabiano e Pato no São Paulo

Michel atua aberto pela esquerda e Ganso passa para o centro

CIRO CAMPOS, O Estado de S. Paulo

22 de maio de 2015 | 10h44

Pela primeira vez desde que assumiu o comando do São Paulo, o técnico Milton Cruz deve escalar Luis Fabiano e Alexandre Pato como titulares. Os dois foram escalados no time principal em treino em campo reduzido nesta sexta-feira, na véspera de receber o Joinville, pelo Brasileirão. Ao todo são cinco alterações em comparação à equipe que no último domingo perdeu por 1 a 0 para a Ponte Preta, em Campinas.

Duas das mudanças são por contusão. O argentino Centurión sente dores e pelo segundo dia seguido não foi a campo. O zagueiro Rafael Toloi lesionou o ombro direito e passou a semana toda na academia. Também deixaram o time o trio de volantes Rodrigo Caio, Hudson e Wesley, que passaram a treinar junto com os reservas. Apesar das trocas, a equipe deve manter o esquema com apenas um atacante, função que ficará a cargo de Luis Fabiano.

Nas partidas anteriores, o jogador que atuava centralizado no setor ofensivo era Alexandre Pato, recuado agora para a armação. A equipe titular treinou com: Rogério Ceni; Bruno, Paulo Miranda, Dória e Reinaldo; Denilson e Souza; Michel Bastos, Alexandre Pato e Ganso; Luis Fabiano. Milton Cruz insistiu bastante na movimentação e troca de passes do time, além da compactação das linhas e da saída do jogo pelas laterais.

Em nove jogos sob o comando do técnico, o São Paulo não tinha sido escalado com Luis Fabiano e Alexandre Pato entre os titulares. Pato ganhou a preferência na disputa para jogos decisivos como o Cruzeiro, pela Copa Libertadores. Mas na segunda parte do treino o atacante foi para a equipe reserva e deu lugar para Thiago Mendes ser testado como titular. Michel Bastos atuou aberto pela esquerda e Ganso passou a jogar centralizado.

Durante a primeira parte do treino a equipe reserva foi escalada com: Renan Ribeiro; Auro, Breno, Edson Silva e Carlinhos; Rodrigo Caio, Thiago Mendes, Hudson e Wesley; Jonathan Cafu e João Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.