Williams Aguiar/Sport
Williams Aguiar/Sport

Milton Mendes aposta na manutenção do Sport para chegar à quarta vitória seguida

Vivendo um de seus melhores momentos na competição, time pernambucano tem 36 pontos e trabalha com o número de 42 para escapar de vez da degola

O Estado de S.Paulo

11 de novembro de 2018 | 16h37

Em busca da quarta vitória consecutiva para não terminar a 33.ª rodada na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, o Sport optou pela manutenção da equipe considerada titular para tentar surpreender o Fluminense, neste domingo, às 19 horas, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. O técnico Milton Mendes não fez mistério e revelou quem colocará em campo em mais uma 'final' para o time pernambucano.

Sendo assim, o treinador deve apostar na mesma escalação que venceu o Ceará por 1 a 0 na segunda-feira passada. A dúvida era em cima do lateral-esquerdo Sander, que não se recuperou a tempo de uma lesão no tornozelo e volta a desfalcar o time, assim como o meia Marlone, outro vetado pelo departamento médico.

"Gosto de dar segurança e tranquilidade à equipe. O jogador não pode entrar pressionado com o risco de ser sacado do time. Tivemos uma sequência de três jogos com praticamente a mesma equipe. O Sander se lesionou, mas o Raul (Prata) entrou muito bem contra o Ceará. Valorizo muito o que ele fez", explicou o treinador.

Milton Mendes também analisou o time do Fluminense, que pode escalar um time misto por ter como prioridade a semifinal da Copa Sul-Americana diante do Atlético-PR. "Eu tenho acompanhado o Fluminense, que tem variado as formas de jogar e isso enriquece o modelo de jogo deles. Certo que o Sornoza e o Ibañez não jogam, mas eles têm bons jogadores e certamente não será um jogo fácil, até mesmo porque o Fluminense precisa do resultado. Vamos fazer um jogo consciente, com muita entrega e luta", concluiu.

Vivendo um de seus melhores momentos no campeonato, o Sport tem 36 pontos e trabalha com o número de 42 para escapar de vez de uma possível queda.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.