Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

Mineirão já recebeu cinco decisões de Libertadores

Primeira final da competição ocorreu em 1976, entre Cruzeiro e River Plate

RAPHAEL RAMOS - Enviado especial, O Estado de S.Paulo

23 de julho de 2013 | 16h54

BELO HORIZONTE - Com o veto da Conmebol ao Independência, estádio onde o Atlético-MG ostenta uma série invicta de 38 jogos, o Mineirão será palco, pela quinta vez, da final da mais importante competição entre clubes da América. A primeira vez que o Gigante da Pampulha sediou uma decisão da Libertadores foi em 1976. O Cruzeiro goleou o River Plate, da Argentina, por 4 a 1, no primeiro jogo da final diante de 58.720 torcedores. No ano seguinte, o Cruzeiro encarou o Boca Juniors e venceu por 1 a 0, com o apoio de 80 mil torcedores.

Vinte anos depois, em 1997, a Raposa superou o Sporting Cristal, do Peru, por 1 a 0. O público foi de 95.462 torcedores. Em 2009, o Mineirão foi palco de uma das maiores decepções da história do Cruzeiro. Favorito, o time mineiro perdeu para o Estudiantes, da Argentina, por 2 a 1, diante de 64.800 torcedores.

Com a reforma do Mineirão para Copa do Mundo de 2014, a capacidade do estádio foi reduzida e os 62 mil ingressos colocados à venda estão esgotados. A expectativa em torno da decisão desta quarta é enorme em Belo Horizonte. Cambistas chegam a cobrar R$ 1 mil por um bilhete.

O Atlético-MG não atua no estádio desde maio. O retrospecto da equipe no novo Mineirão, inclusive, não é dos melhores. Este ano, o time jogou no Mineirão três vezes. Na reabertura, perdeu por 2 a 1 para o Cruzeiro. Depois, venceu o Villa Nova por 2 a 1 e, na decisão do campeonato estadual, voltou a ser derrotado pelo Cruzeiro por 2 a 1, mas ficou com o título porque vencera o primeiro jogo no Independência por 3 a 0.

Para se adaptar ao local, o time chegou a treinar domingo e segunda-feira no estádio que abrigou a partida do Brasil na Copa das Confederações. A ideia do técnico Cuca era que os jogadores se acostumassem com a iluminação e a velocidade da bola no novo gramado.

Tudo o que sabemos sobre:
ATLETICO-MGcOPA LIBERTADORESfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.