Paulo Whitaker/Reuters
Paulo Whitaker/Reuters

Mineirão não passa no segundo teste na opinião dos leitores do Estadão

Apenas três dos 14 itens avaliados durante a partida entre Japão x México foram considerados 'ótimos'

O Estado de São Paulo

23 de junho de 2013 | 12h23

SÃO PAULO - O Estádio do Mineirão não passou pelo segundo teste na Copa das Confederações na opinião dos torcedores que estiveram presentes em Japão x México. Das 14 perguntas feitas pelo Estadão, em 11 ele foi classificado como "Péssimo". Entre os itens que mais desagradaram, com mais de 50% dos votos na pior opção, estão as condições de transporte para a Arena, o trânsito nos arredores e os bares e lanchonetes disponíveis dentro do Mineirão.

Outros itens também decepcionaram no estádio mineiro. Somando os votos "péssimos" com os "ruins", as entradas do Mineirão desagradaram mais da metade dos torcedores que votaram. A presença de cambistas somado a falta de informações também foi considerado um defeito pela maioria dos votantes. Outros itens, considerados obrigatórias pela organização também ficaram devendo: acessibilidade e respeito as cadeiras numeradas não atenderam as expectativas. Pelo voto dos torcedores os banheiros também não estavam satisfatórios: 31% os acharam péssimo e 19% ruins. Dentro de campo, o gramado, palco para o espetáculo, foi considerado "péssimo" por quase 40% de quem opinou na pesquisa.

Já entre os itens que agradaram ao público que acompanhou a vitória dos mexicanos sobre os japoneses por 2 a 1, o destaque é para os telões e a locução, que agariaram mais de 30% dos votos como ótimos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.