Nilton Fukuda|Estadão
Robinho é o principal jogador do Atlético-MG Nilton Fukuda|Estadão

Mineiros começam o Brasileirão em momentos distintos

Enquanto o Atlético-MG entra como um dos favoritos pelo troféu, Cruzeiro busca se reestruturar e o América seguir na Série A

Fábio Hecico e Vanderson Pimentel, O Estado de S. Paulo

14 de maio de 2016 | 05h00

Bem montado, Atlético-MG é um dos favoritos

Ano passado o time perdeu fôlego na reta final da briga com o Corinthians. Este ano, chega como um grande bicho-papão na competição. Além da manutenção da base de 2015, o time trouxe peças de alto quilate para reforçar o já forte grupo, como o atacante Robinho, além de nomes de respeito como o volante Junior Urso, o meia Cazares e o atrevido Hyuri. A confiança é grande em Belo Horizonte para o fim do tabu que dura desde a primeira edição da competição, em 1971, pelas mãos de Telê Santana. Cabe ao uruguaio Diego Aguirre a manutenção do bom futebol.

 

Cruzeiro aposta em jovens, reforços e em técnico português

O Cruzeiro realizou alterações para fazer uma campanha melhor no Brasileirão e apostou no trabalho do técnico português Paulo Bento. A diretoria também trocou os laterais Fabrício e Fabiano pelos palmeirenses Robinho e Lucas, que já chegam com pompa de titulares, além do lateral Bryan, campeão mineiro com o América. Além disso, a expectativa da torcida é que nomes como os jovens De Arrascaeta e Élber finalmente desencantem. Próximo de voltar aos gramados após nova lesão no joelho, o zagueiro Dedé também gera expectativas.

 

América-MG volta empolgado e de olho na Sul-Americana

Campeão estadual ao desbancar os poderosos Cruzeiro (na semifinal) e Atlético-MG (na decisão), o América retorna à elite após cinco anos e agora esbanja confiança de que chega para ficar, bem diferente de 2011, quando subiu e fez péssima campanha, caindo no fim do ano. Organizado e com bons jogadores no grupo, o time comandado por Givanildo Oliveira espera passar longe do descenso, dar trabalho aos grandes e, quem sabe, beliscar uma vaga na Copa Sul-Americana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.