Evelson de Freitas/Estadão
Evelson de Freitas/Estadão

Ministério Público pede condenação de Emerson por contrabando

Atacante do Corinthians é acusado de ter comprado ilegalmente dois carros dos Estados Unidos

O Estado de S. Paulo,

26 de fevereiro de 2013 | 19h31

SÃO PAULO - O atacante Emerson, do Corinthians, teve a condenação pedida pelo Ministério Publico Federal do Rio de Janeiro por contrabando e pode pegar até quatro anos de prisão. O jogador é acusado de ter importado ilegamente dois veículos usados (uma BMW X6 e um Chevrolet Camaro) dos Estados Unidos. A investigação apontou que os carros chegaram ao Brasil por valores muito abaixo aos de mercado, o que indica origem ilícita da comercialização.

O mesmo processo criminal também pede a condenação do volante Diguinho, do Fluminense, por receptação, já que comprou de Emerson a BMW.

Nas alegações finais assinadas pelo procurador da República Sérgio Pinel fica claro que Emerson não terá o direito de suspender o processo, pois cometeu o crime duas vezes. A decisão agora vai para a Justiça Federal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.