Ministro defende jogos na região Sul

O Ministro do Esporte e Turismo, Carlos Melles, defendeu nesta quinta-feira a transferência das partidas de futebol dos campeonatos em andamento para as regiões Sul e Norte do País. Em reunião no Comitê Olímpico Brasileiro (COB), ele apresentou a medida como uma alternativa para as medidas governamentais de contenção de energia para as regiões Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste. "Primeiro vou ver se transfiro os jogos. Acredito que não teremos problemas com a TV e os clubes", afirmou.O Ministro explicou que levantamentos sobre as condições de estádios e ginásios, cerca de 50 em todo o País, estão sendo feitos para se determinar quais teriam condições de realizar eventos esportivos à noite. A utilização de geradores, nas regiões sob o racionamento de energia, foi outra alternativa apontada por Melles. Ele disse desconhecer o problema com a realização das corridas de Turfe, mas prometeu estudá-los.Sobre o prejuízo social e cultural que o racionamento provocará, por proibir o uso de ginásios poliesportivos pelas comunidades, o Ministro reconheceu que ainda não encontrou uma solução para este problema. "Devemos fazer discussões sobre este tipo de utilização. A medida afeta, principalmente, as pessoas do interior."Melles ainda garantiu que vem conversando com o presidente da Câmara de Gestão da Crise de Energia Elétrica, Ministro Pedro Parente, para saber detalhes das medidas decretadas pelo Governo e poder tomar decisões em sua área. Segundo ele, "toda a população está assustada. Assustada com o desconhecido e, por isso, é preciso calma".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.