Ministro do Esporte reforça afeição de Lula a Ronaldo

A seleção brasileira recebeu neste sábado em Königstein, na Alemanha, a visita do Ministro do Esporte do Brasil, Orlando Silva Jr., que aproveitou o fato para reforçar o fim da polêmica envolvendo o atacante Ronaldo e o presidente Lula, que deixou o atacante irritado ao questionar sobre seu peso em uma videoconferência."O presidente Lula adora o Ronaldo e com essa carta que mandou na sexta-feira (por fax) colocou um ponto final na polêmica. Vim para trazer um abraço dele aos jogadores, passar a festa, dizer que o País está pintado em verde e amarelo. A mensagem do presidente é que confia nesse time", disse Silva. Na conversa com a imprensa, o ministro lembrou que a visita não tendo sido motivada pela última polêmica. "A visita já estava programada, justamente com a intenção de dar um abraço nos atletas". Sobre as eleições no final do ano, Silva afirmou que isto também não poderia ser associado. "Não se deve misturar Copa do Mundo com eleição, isso vai ser tratado quando for a hora." O Ministro do Esporte contou ainda que o governo não tem nenhuma recepção programada para a seleção brasileira quando voltar da Alemanha. "Não é hora de pensar nisso, não temos nada programado, nem se for derrotado nem se for campeão."Presidente não fala maisO presidente Luiz Inácio Lula da Silva evitou comentar neste sábado a polêmica reação do jogador Ronaldo que não gostou de uma pergunta do presidente ao técnico Parreira se o atacante estava mesmo gordo. Ele visitou obras de um gasoduto ligando o Espírito Santo ao Rio de Janeiro. (Com Leonencio Nossa)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.