Ricardo Saibun/Divulgação
Ricardo Saibun/Divulgação

Miralles nega incômodo com concorrência no Santos

'Minha expectativa é jogar' , diz o atacante, que pode permanecer no banco com a chegada dos reforços santistas

SANCHES FILHO, Agência Estado

14 de agosto de 2012 | 14h34

Com a volta de Neymar da seleção brasileira após o amistoso contra a Suécia, marcado para esta quarta-feira, e a contratação de André, que voltará a defender o Santos após passagem pelo Atlético-MG, Miralles verá a concorrência por um lugar no ataque titular da equipe ficar ainda mais acirrada do que já era. O jogador, porém, garantiu, nesta terça-feira, encarar com naturalidade a condição de reserva e se diz confiante na possibilidade de logo poder brigar por um lugar na equipe.

Quando foi apresentado como novo reforço santista, há pouco mais de um mês, o atacante argentino reclamou que teve poucas chances no Grêmio, mas agora ele reconhece que a passagem pelo time gaúcho o fez amadurecer.

"Aprendi muito no Grêmio, cheguei com outra mentalidade, mais tranquilo, pensando em treinar bem e procurar meu espaço. Sabia, quando cheguei aqui, que haveria muitos atacantes de qualidade, e sempre procuro estar muito bem preparado para aproveitar a chance quando ela surgir. Quem decide quem joga é o treinador, então o jogador tem que estar na melhor forma possível", ressaltou.

No último jogo do Santos, contra o Atlético-GO, sábado, no Pacaembu, Miralles entrou no segundo tempo, substituindo Bill, e cavou um pênalti que ele mesmo bateu para garantir o empate por 2 a 2. E, nesta terça-feira, o atleta ressaltou a importância de o time atuar com mais atenção no duelo diante do Figueirense, quinta, em Florianópolis, pela 17.ª rodada do Brasileirão.

"Nós tomamos dois gols muito fáceis, tivemos que correr atrás do resultado, o que é muito difícil. Temos que aprender com isso, já que o próximo jogo será muito difícil, e temos de tomar cuidado para que isso não se repita", alertou.

No confronto desta quinta, porém, Miralles deve voltar a ficar na reserva, fato que não incomoda o atleta, confiante de que em breve poderá conseguir um espaço no time. "Minha expectativa é jogar, não conheço nenhum jogador que treine para não jogar", disse. Miralles até festejou o retorno de Neymar ao time após o amistoso desta quarta-feira da seleção brasileira. "Estamos esperando que ele regresse o mais rápido possível, para que o time volte a ter bons resultados", opinou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCMiralles

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.