Marcelo Endelli / AP
Marcelo Endelli / AP

Miranda diz não ver queda de rendimento do São Paulo e exalta sistema defensivo

Após oito vitórias consecutivas, equipe de Crespo empata com Corinthians e Racing

Redação, Estadão Conteúdo

05 de maio de 2021 | 22h29

O São Paulo fez uma de suas piores partidas sob o comando de Hernán Crespo nesta quarta-feira, no empate sem gols com o Racing, na Argentina, pela terceira rodada do Grupo E da Libertadores. Miranda, no entanto, se destacou individualmente e foi eleito o melhor em campo pela Conmebol. Após o jogo, o zagueiro enalteceu o sistema defensivo são-paulino.

"O objetivo dos defensores é entrar em campo e não sofrer gols. E conquistamos este objetivo", resumiu o experiente defensor, de 36 anos, líder do sistema com três zagueiros. Depois de engatar oito vitórias seguidas, o São Paulo empatou o segundo jogo consecutivo, o que, para Miranda, não significa uma queda de rendimento.

"Eu não vejo como uma queda de rendimento. Nosso time fez boas partidas, enfrentamos um adversário muito duro, muito físico, mas mesmo assim prevalecemos na força física também. Nossa equipe está bem, está confiante, com certeza vamos buscar melhores resultados nos próximos jogos", explicou o zagueiro.

Ao não sofrer gols no estádio Presidente Perón, o time tricolor alcançou o terceiro duelo sem ser vazado neste início de Libertadores - foi assim, também, nos triunfos sobre Sporting Cristal, do Peru(3 x 0) e Rentistas, do Uruguai (2 x 0).

"Isso é importante, porque passa confiança para a equipe e para a nossa defesa", destacou Miranda, que ficou satisfeito com o empate na Argentina. "O resultado foi de bom tamanho pelo jogo. Tivemos um jogador expulso e isso nos complicou na reta final, então optamos por uma postura mais precavida", analisou, fazendo referência à expulsão de William, no segundo tempo.

O time tricolor soma sete pontos e se manteve na liderança do Grupo E, à frente do Racing, vice-líder, com cinco. O próximo compromisso pelo torneio sul-americano será na quarta-feira (12), às 19h, no Uruguai, diante do Rentistas.

Antes de encarar os uruguaios, o São Paulo enfrentará o Mirassol no domingo, fora de casa, pela rodada de encerramento da fase de grupos doCampeonato Paulista. "Vamos pensando jogo a jogo, porque sabemos das dificuldades de jogar a Libertadores. Estamos confiantes no trabalho que estamos fazendo", concluiu Miranda.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.