Rubens Chiri/ saopaulofc.net
Rubens Chiri/ saopaulofc.net

Miranda lamenta novo empate do São Paulo e prevê 'decisão' contra o Sport

Apesar dos últimos resultados, equipe do Morumbi segue preocupada com a zona de rebaixamento

Redação, O Estado de S.Paulo

25 de novembro de 2021 | 00h35

Zagueiro e capitão do São Paulo, Miranda deixou o campo, após empate sem gols contra o Athletico, na noite desta quarta-feira, com cara de poucos amigos. O defensor lamentou o resultado, obtido no Morumbi, que deixa a equipe ainda ameaçada de rebaixamento. A partida foi válida ainda pela 34ª rodada do Brasileirão.

"Difícil. Lamentar, pois queríamos dar alegria ao torcedor, que compareceu e apoiou até o fim. Infelizmente, não conseguimos a vitória, mas não temos tempo para abaixar a cabeça. Temos uma decisão contra o Sport pela frente e espero que possamos retribuir todo esse carinho com a vitória", comentou o defensor.

O São Paulo esperava encontrar um Athletico-PR eufórico com a conquista da Copa Sul-Americana, no sábado, e por ter aproveitado uma semana livre para treinos. No entanto, não conseguiu transformar as chances criadas em gol, ficou na barreira do adversário e amargou o 15º empate na competição.

Como disse o próprio zagueiro, a situação ainda é delicada. Com o resultado desta quarta-feira, o São Paulo ficou na 14ª colocação, com 42 pontos. O Bahia, primeiro time dentro da zona de rebaixamento, tem um jogo a menos e 37 pontos conquistados.

O próximo compromisso é já neste sábado, às 21h30, novamente no Morumbi, pela 36ª rodada. Se para o São Paulo é uma decisão, para o Sport não é diferente. O time pernambucano é o vice-lanterna, com 33 pontos, e tratará a partida como um duelo de vida ou morte.

Para o confronto com o Sport, o técnico Rogério Ceni poderá repetir a escalação, já que não tem jogadores suspensos. Além disso, contará com o retorno de Éder, que cumpriu suspensão automática diante do Athletico-PR.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.