Mirassol só empata com Novorizontino fora e garante classificação do Santos

Resultado faz com que equipe visitante chegue aos 15 pontos e não consiga mais alcançar o Santos, com 19

Estadão Conteudo

25 de março de 2017 | 20h58

O Mirassol pressionou, carimbou a trave três vezes, mas ficou apenas no empate sem gols com o Novorizontino, na noite deste sábado, no estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte. Melhor para o Santos, que garantiu a vaga às quartas de final com uma rodada de antecedência no Campeonato Paulista.

Com o empate, o Mirassol chegou aos 15 pontos e continua na terceira posição do Grupo D. Mesmo que vença o São Bento, em casa, na última rodada, não chegará ao Santos, que soma 19 pontos. A vice-líder Ponte Preta tem 16 pontos e ainda joga na rodada contra o São Bento, em Sorocaba.

O Novorizontino, em compensação, está muito próximo da classificação, mesmo com o empate em casa. O time é o segundo no Grupo C, com 15 pontos, e pode avançar em caso de empate do São Bento, que soma dez, contra a Ponte Preta. A equipe de Novo Horizonte visita o Santos na última rodada. O líder do Grupo C é o Palmeiras, com 25 pontos.

Apesar de jogar fora de casa, o Mirassol dominou completamente o primeiro tempo. Tanto que carimbou a trave duas vezes com o lateral-direito Tony, aos quatro e aos 25 minutos. A melhor oportunidade, entretanto, esteve nos pés do meia Xuxa, aos sete minutos. Após cruzamento da esquerda, o camisa 10 concluiu de primeira, na pequena área, e mandou por cima do travessão.

Na segunda etapa, mesmo com as alterações promovidas pelo técnico Silas Pereira, o Novorizontino não conseguiu reagir. Os visitantes seguiram melhores e criaram as principais chances, como aos nove minutos, quando o atacante Zé Roberto desviou escanteio de cabeça e mandou no travessão. Assim, a partida terminou mesmo empatada em 0 a 0.


FICHA TÉCNICA:

NOVORIZONTINO 0 X 0 MIRASSOL

NOVORIZONTINO - Michael; Moacir, Domingues, Diego Sacoman e João Lucas; Doriva, Éder (Banguelê) e Fernando Gabriel (Henrique Roberto); Cléo Siva, Everaldo e Roberto (Alexandro). Técnico: Silas Pereira.

MIRASSOL - Vagner; Tony, Wellington, Edson Silva e Raul; Paraíba, Paulinho (Wellington Júnior), Rodolfo e Xuxa (Ricardinho); Zé Roberto e Bruno Sávio. Técnico: Moisés Egert.

ÁRBITRO - Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral

CARTÕES AMARELOS - Cléo Silva e Banguelê (Novorizontino); Xuxa, Paulinho, Zé Roberto e Paraíba (Mirassol).

CARTÃO VERMELHO - Banguelê (Novorizontino).

RENDA - R$ 91.261.

PÚBLICO - 4.719 torcedores.

LOCAL - Estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.