Mirassol surpreende Bragantino e vence por 2 a 1

Equipe de Mirassol não se intimida com pressão no Marcelo Stefani e fatura primeira vitória fora de casa

06 de fevereiro de 2008 | 22h15

Neutralizando o jogo aéreo do adversário e mostrando muita eficiência nos contra-ataques, o Mirassol surpreendeu o Bragantino, vencendo por 2 a 1, nesta quarta-feira à noite, no Estádio Marcelo Stéfani, em Bragança Paulista. Veja também: Resultados e calendário Classificação Esta foi a primeira vitória fora de casa do Mirassol, agora com 11 pontos e nas prime Bragantino1Gléguer; Tiago Vieira, Da Silva     e Kadu; Niander (Cacá), Mário (Didi), Moradei, Zeziel (Bill) e Paulinho; Bruno Cesarine     e Nunes    Técnico: Marcelo VeigaMirassol2Alexandre Fávaro; André Turatto, Gustavo, Bruno Aguiar e Caio; Fabinho Capixaba, Claudinho Baiano, Sandro Silva e Xuxa     ; Reginaldo (Léo Mineiro) e Anderson LobãoTécnico: Luís Carlos MartinsGols: Xuxa aos 16 e Sandro Silva aos 45 minutos do primeiro tempo. Bruno Cesarine, aos 37 minutos do segundo tempoÁrbitro: Marco Antônio de Oliveira SáRenda: R$ 15.960,00Público: 1.202 pagantesEstádio: Marcelo Stéfani, em Bragança Paulista-SPiras posições. O Bragantino continua com 10 pontos no Campeonato Paulista após sete rodadas. Mesmo na condição de visitante, o Mirassol acuou o Bragantino nos primeiros minutos. E abriu o placar, aos 16 minutos, com Xuxa, num chute cruzado e pelo alto do goleiro Gléguer. O time da casa foi ao ataque e criou várias chances, mas sofreu o segundo gol aos 45 minutos. O oportunista meio-campo Sandro Silva apareceu livre no meio da defesa e, de primeira, finalizou com força, sem chances de defesa para Gléguer. No segundo tempo, o Mirassol voltou com postura defensiva para segurar o resultado e apostar em jogadas de velocidade. Por outro lado, o Braga insistia nas jogadas pelas laterais com chegada dos alas com velocidade, mas pecava nas finalizações. De tanto tentar, o Braga chegou ao primeiro gol com o melhor jogador em campo, o estreante Bruno Cesarine. Aos 37 minutos, após cruzamento da esquerda o atacante subiu no terceiro andar e ao melhor estilo Dadá Maravilha testou com categoria. A bola morreu no ângulo direito de Alexandre, que não chegou a tempo. O Bragantino volta a campo neste sábado, quando joga fora de casa, contra o Noroeste, em Bauru, às 18h10. Já o Mirassol joga no mesmo dia e horário, mas em casa, quando recebe a Portuguesa.

Tudo o que sabemos sobre:
Paulistão A-1MirassolBragantino

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.