Mirassol vacila nos minutos finais e permite empate da Ferroviária

Zé Roberto e Xuxa fizeram os gols dos visitantes, mas Hygor e Diogo Mateus igualaram o placar

Estadão Conteúdo

02 Março 2018 | 21h46

O Mirassol chegou a abrir 2 a 0 ainda no primeiro tempo, mas sofreu um apagão nos 15 minutos finais e viu a Ferroviária buscar o empate na noite desta sexta-feira, na Arena Fonte Luminosa, na abertura da décima rodada do Campeonato Paulista. O placar de 2 a 2 não foi bom para nenhum dos times, que seguem ameaçados de rebaixamento.

+ Presidente e diretor de futebol da Ponte Preta cobram o elenco

As equipes foram a 11 pontos na tabela e continuam nas últimas colocações dos Grupos C e D, respectivamente. No geral, o time de Araraquara está na frente por causa do saldo de gols (-1 contra -3). A diferença para o Santo André, primeiro da zona de rebaixamento e que ainda entra em campo nesta rodada, é de três pontos.

A Ferroviária começou a partida pressionando e teve uma grande oportunidade de abrir o placar aos 16 minutos, quando Léo Castro foi derrubado por Wellington dentro da área. O atacante foi para a cobrança e chutou no travessão.

No rebote, um lance inusitado. Edson Silva e Wellington - ambos zagueiros do Mirassol - subiram para tentar tirar a bola e se chocaram de cabeça. Os dois precisaram ser substituídos.

A partida ficou paralisada por nove minutos e o lance parece ter acordado o Mirassol, que abriu o placar aos 42 minutos. Zé Roberto recebeu de Xuxa, girou em cima do zagueiro e bateu colocado na saída de Tadeu.

A Ferroviária sentiu o gol e viu Paulinho acertar a trave na sequência. Nos acréscimos, André Luis foi derrubado dentro da área e o árbitro assinalou pênalti. Xuxa cobrou bem, deslocou o goleiro, e ampliou para os visitantes.

Na volta do intervalo, a Ferroviária encontrava dificuldades para chegar com perigo ao gol defendido por Fernando Leal, mas aproveitou a desatenção do Mirassol na parte final para buscar o empate. Aos 31 minutos, Hygor aproveitou cruzamento de Diogo Mateus e cabeceou no canto do goleiro. O empate veio nove minutos depois. Após dar a assistência, Diogo cobrou falta com precisão e fez o segundo dos anfitriões.

A Ferroviária volta a campo na próxima quinta-feira, contra o Bragantino, às 17 horas, na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara. Na quarta-feira, o Mirassol enfrenta o Corinthians, às 21h45, na Arena Corinthians, em São Paulo. Os jogos são válidos pela penúltima rodada do Estadual.

FICHA TÉCNICA:

FERROVIÁRIA 2 X 2 MIRASSOL

FERROVIÁRIA - Tadeu; Alisson (Eliandro), Patrick, Luan e Diogo Mateus; Bruno Silva, Moacir e Velicka; Léo Castro, Damasceno (Misael) e Welinton Júnior (Hygor). Técnico: PC de Oliveira.

MIRASSOL - Fernando Leal; Danilo Boza; Wellington (Jesiel e Djavan), Edson Silva (Reccieli) e Marlon; Wellington Reis, Paulinho, Rodolfo e Xuxa; André Luis e Zé Roberto. Técnico: Moisés Egert.

GOLS - Zé Roberto, aos 42, e Xuxa, aos 54 minutos do primeiro tempo; Hygor, aos 31, e Diogo Mateus, aos 40 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Salim Fende Chávez.

CARTÕES AMARELOS - Damasceno e Luan (Ferroviária); André Luiz, Xuxa e Wellington (Mirassol).

RENDA - R$ 20.470,00.

PÚBLICO - 1.454 pagantes.

LOCAL - Arena Fonte Luminosa, em Araraquara (SP)

Mais conteúdo sobre:
Campeonato Paulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.