Mirassol vence Guarani nos acréscimos e complica rival

Derrota nos acréscimos em casa deixa a equipe de Campinas muito perto do rebaixamento no Paulistão

Agencia Estado

31 de março de 2009 | 21h57

CAMPINAS - Com um gol aos 49 minutos do segundo tempo, ironicamente marcado pelo ex-atacante da Ponte Preta, Luis Ricardo, o Mirassol venceu o Guarani por 2 a 1, de virada, em pleno Estádio Brinco de Ouro da Princesa, e praticamente rebaixou o time de Campinas para a Série A-2. O jogo aconteceu na noite desta terça-feira, pela penúltima rodada do Campeonato Paulista, dois dias antes do único campeão brasileiro do interior completar 98 anos de fundação.

Veja também:

tabela Campeonato Paulista - Classificação 

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

O Guarani se manteve na última colocação, com apenas 14 pontos. Enquanto isso, o Mirassol pulou para o oitavo lugar, com 27, garantido na disputa do título do Interior e também no Campeonato Brasileiro da Série D. Agora, o time campineiro depende de um milagre, porque poderá chegar, no máximo, aos 17 pontos, desde que vença o Bragantino, domingo, em Bragança Paulista. Além disso, vai depender de uma série de resultados negativos de seus concorrentes diretos.

Os dois times começaram o confronto com jogadas rápidas e no ataque. O visitante teve a primeira chance, mas Luis Ricardo parou no goleiro Douglas. Na sequência, aos cinco minutos, Danilo Rios bateu falta com violência, o zagueiro Dão desviou e marcou gol contra, fazendo 1 a 0 para o Guarani.

No segundo tempo, o Mirassol se atirou ao ataque. Tentou de todas as formas, mas o goleiro do Guarani, Douglas, pegou tudo. Pelo menos, até os 33 minutos, quando Acleisson acertou um belo chute de fora da área no ângulo e empatou o jogo. Se o empate já era um resultado ruim, o pior foi mesma a derrota. Ela aconteceu aos 49 minutos, quando Luís Ricardo marcou o gol da virada. Ele entrou pelo setor esquerdo da área e bateu cruzado, na saída de Douglas.

Na última rodada do Paulistão todos os jogos serão no domingo, às 16 horas. O Guarani vai a Bragança Paulista encarar o Bragantino. Enquanto isso, o Mirassol enfrenta o Corinthians, em casa.

GUARANI 1 X 2 MIRASSOL

Guarani - Douglas; Maurício, Cássio (Felipe Piovesan) e Walter; Maranhão, Claudiney Rincón, Mário César, Danilo Rios (Fabinho Romão) e João Paulo; Dairo (Cléverson) e Fernando Gaúcho. Técnico: Cidinho.

Mirassol - Mauro; Roger (Carlinhos), Dão, Márcio Santos e Anderson Paim; Acleisson, Júnior Maranhão, Alex Silva e Éder (Rodriguinho); Luís Ricardo e Finazzi (Leandro). Técnico: Pintado.

Gols - Dão (contra), aos 5 minutos do primeiro tempo; Acleisson, aos 33, e Luis Ricardo, aos 49 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Elcio Paschoal Borborema.

Cartões amarelos - Mário César e Cléverson (Guarani); Acleisson, Anderson Paim, Dão e Rodriguinho (Mirassol).

Cartão vermelho - Maurício (Guarani).

Renda - R$ 28.875,00.

Público - 3.073 pagantes.

Local - Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.