Mirassol vence Juventus e se afasta do rebaixamento

Já o time da capital está na zona de rebaixamento e luta para não voltar à Série A-2

Redação,

21 de fevereiro de 2008 | 21h45

Em jogo bastante disputado e prejudicado pela forte chuva, o Mirassol bateu o Juventus por 2 a 0, na noite desta quinta-feira, no Estádio José Maria de Campos Maia, em Mirassol, pela décima rodada do Campeonato Paulista. Veja também: Classificação Calendário / Resultados Com o resultado, time da casa chegou aos 14 pontos e se afastou da zona de rebaixamento. Já os visitantes, que não vencem há quatro jogos, figuram entre os últimos, com apenas um.Os dois times acabaram castigados pelo gramado encharcado, devido as fortes chuvas que caíram na região de São José do Rio Preto. Com várias poças de água em campo, ambos tiveram de apelar aos cruzamentos e jogadas de bola parada. E foi desta maneira que saiu o primeiro gol. Aos 26’ do segundo tempo, o meia Fabinho cobrou falta na área e Sena desviou contra. O árbitro deu gol ao jogador do Mirassol. O segundo do time da casa foi anotado pelo meia Xuxa, aos 36.No próximo domingo, às 18h10, o Mirassol vai até Marília enfrentar o time da casa, no Estádio Bento de Abreu. Enquanto isso, o Juventus jogará contra o Guaratinguetá, no mesmo dia, às 11 horas, na Rua Javari, em São Paulo.MIRASSOL 2 x 0 JUVENTUSMirassol: Alexandre Fávaro; Bruno, Júlio César e André Turato; Fabinho Capixaba, Luciano Sorriso, Jéferson, Xuxa e Adriano (Fabinho); Léo Mineiro (Alex Alves) e Anderson Lobão (Fabiano Souza). Técnico: Luis Carlos MartinsJuventus: Marcelo; Dedimar, Valdir e Anderson Luiz (Cazaroto); Márcio Sena, Naves (Fernando Miguel), Vampeta, Marcus Vinicius e João Paulo; Cadu e Lima (Fernando Diniz). Técnico: Sérgio SoaresGol: Fabinho, aos 26, e Xuxa, aos 36 minutos do 2.º tempoÁrbitro: Eduardo César Coronado CoelhoCartões amarelos: Naves, Fernando Miguel, Cadu e João PauloLocal: Estádio José Maria de Campos Maia, em Mirassol (SP)

Tudo o que sabemos sobre:
Paulistão A-1MirassolJuventus

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.