Mirassol vence o Paulista em Jundiaí, supera grandes e lidera Paulistão

Com a vitória por 2 a 0 fora de casa, time ultrapassa o ex-líder Palmeiras na classificação do campeonato

AE, Agência Estado

27 de fevereiro de 2011 | 20h49

JUNDIAÍ - Nem São Paulo, nem Palmeiras, nem Corinthians, nem o Santos. O líder do Campeonato Paulista é o Mirassol. Neste domingo, a equipe do interior foi até Jundiaí, venceu o Paulista por 2 a 0 e assumiu a ponta do estadual pela primeira vez.

Esta foi a quarta vitória em cinco jogos do Mirassol longe dos seus domínios. Com isso, lidera com 22 pontos, superando o invicto Corinthians pelo primeiro fator de desempate: o número de vitórias - tem sete, contra seis do time alvinegro. Por sua vez, o Paulista fica fora da zona de classificação, com 12 pontos, em décimo lugar.

Em casa e buscando o gol desde o início, o Paulista foi com tudo para cima do Mirassol. Mas, quem abriu o placar foi o time visitante. Após cruzamento na área, a bola foi desviada no primeiro pau e sobrou para o zagueiro Gustavo Bastos, no meio da área, testar para o fundo das redes.

O Paulista foi para o ataque e teve duas chances de empatar. A primeira foi aos 21 minutos, com Bruno Formigone, após uma cabeçada perigosa. No final, a melhor chance. Hernane foi lançado e ficou cara a cara com o goleiro, mas chutou por cima, perdendo um gol incrível.

Após o intervalo, o Paulista voltou com tudo para cima do Mirassol e desde os primeiros minutos tentava empatar. Mas, pecava muito nas finalizações e a maioria dos chutes passava longe do gol de Fernando Leal.

Em poucas oportunidades, o Mirassol chegou ao campo de ataque, mas em uma delas, aos 32 minutos, fez o segundo. Após cobrança de falta na área, o zagueiro Luiz Henrique testou para o fundo das redes, num lance muito parecido com o do primeiro gol.

PAULISTA - 0 - Cristiano; Eltinho, Rodrigo Sabia, Eli Sabiá e Guigov; Bruno Formigone, João Paulo, Baiano e Rone Dias (Sidnei); Diego Barboza (Vanderlei) e Hernane (Carlão). Técnico - Wagner Lopes.

MIRASSOL - 2 - Fernando Leal; Fabinho Capixaba, Gustavo Bastos, Luiz Henrique e Diego; Magal, Jairo, Esley (Otacílio) e Xuxa; Serginho (Marcelinho) e Wellington Amorim (Danilo). Técnico - Ivan Baitello.

Gols - Gustavo Bastos, aos 15 minutos do primeiro tempo, e Luis Henrique, aos 32 minutos do segundo tempo; Árbitro - Flávio Rodrigues Guerra; Cartões amarelos - Esley, Diego e Danilo; Renda e público - não disponíveis; Local - Estádio Jayme Cintra, em Jundiaí.

Veja também:

PAULISTÃO - tabelaClassificação | listaResultados

especialCALENDÁRIO - O caminho de cada time


Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.