Mirassol vence o Red Bull Brasil e ambos estão eliminados do Troféu do Interior

Ituano e Santo André farão a final da competição

Estadao Conteudo

15 de abril de 2017 | 17h42

No estádio José Maria de Campos Maia, em Mirassol (SP), o Mirassol até fez o dever de casa, mas não conseguiu se classificar para a grande final do Troféu do Interior do Campeonato Paulista. Neste sábado, em jogo válido pela terceira e última rodada da fase de grupos, o time mirassolense venceu o Red Bull Brasil pelo placar de 3 a 1.

Com quatro pontos, o Mirassol fecha a sua participação na vice-liderança do Grupo 1 - um a menos que o líder e finalista Santo André. Pelo Grupo 2, o Red Bull Brasil também ficou na segunda colocação, com três pontos em três jogos. O Ituano, com quatro, foi à final.

O Mirassol ditava o ritmo da partida nos primeiros minutos, principalmente em jogadas rápidas pelos lados do campo, mas encontrava o Red Bull Brasil bem postado, pronto para encaixar um contra-ataque e abrir o placar. Tanto que, aos 15 minutos, após uma jogada rápida, o zagueiro Zé Roberto foi tentar afastar, mas acabou colocando a mão na bola na área e o arbitro marcou pênalti para o time campineiro. Luan foi para a cobrança, mas André Zuba conseguiu fazer a defesa.

Ainda na primeira etapa, foi a vez do Mirassol perder um pênalti. Aos 31 minutos, Rodolfo foi derrubado na área. Zé Roberto cobrou e Saulo fez a defesa. Na volta do intervalo, os donos da casa foram para cima e o placar não demorou para sair do zero. Aos 11, Zé Roberto bateu cruzado, sem chances de defesa.

A partir daí, o Red Bull Brasil foi para cima em busca do empate. Aos 22 minutos, Branquinho - que havia acabado de entrar - recebeu na área, limpou os marcadores e na saída do goleiro mandou a bola para o fundo das redes.

Após o gol, porém, o Mirassol acordou e conseguiu voltar a ficar a frente no placar. Aos 35 minutos, Carlos Alberto arriscou de longe e fez. Aos 40 foi a vez de Rodolfo deixar o seu e dar números finais à partida.

FICHA TÉCNICA

MIRASSOL 3 x 1 RED BULL BRASIL

MIRASSOL - André Zuba; Guilherme Castilho, Wallace, Edson Silva e Raul; Willian, Paraíba, Luís Oyama (Lucas Rodrigues) e Rodolfo; Zé Roberto (Raphael Lucas) e Luis Fernando (Carlos Alberto). Técnico: Moisés Egert.

RED BULL BRASIL - Saulo; Taylor, Marques, Wellington Rocha e Thallyson; Alison, Nando Carandina e Felipe Soutto (Branquinho); Bruno Alves (Nixon), Luan (Rodrigo) e Misael. Técnico: Alberto Valentim.

GOLS - Zé Roberto, aos 17, Branquinho, aos 22, Carlos Alberto, aos 35, e Rodolfo, aos 40 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Carlos Alberto (Mirassol); Nando Carandina (Red Bull Brasil).

CARTÃO VERMELHO - Willian Rocha (Red Bull Brasil).

ÁRBITRO - Márcio Henrique de Gois.

RENDA - R$ 4.010,00.

PÚBLICO - 209 pagantes.

LOCAL - Estádio José Maria de Campos Maia, em Mirassol (SP).

Tudo o que sabemos sobre:
Mirassolfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.