Divulgação
Divulgação

Modesto afirma que Lucas Lima deve continuar no Santos

Para presidente do clube, propostas não vão tirar o meia do elenco

O Estado de S. Paulo

30 de dezembro de 2015 | 07h00

O presidente do Santos, Modesto Roma Junior, afirmou que o meia Lucas Lima não deve deixar o clube nesta janela de transferências e assinar com algum clube europeu. Em entrevista nesta terça-feira, o dirigente disse que a tendência é a atual movimentação de jogadores não representar perigo ao clube, que quer manter o jogador para a próxima temporada.

"O Lucas Lima não deve sair agora. O lugar de ponta que ele pode conseguir é na janela de verão, no meio do ano. Agora é janela fraca. Temos que ter calma, e o Lucas tem a cabeça no lugar, sabe onde pode ir. As propostas de hoje são de outros mercados (asiático)", disse Modesto durante entrevista coletiva na Vila Belmiro.

O jogador se destacou na temporada e conseguiu espaço na seleção brasileira. O Porto, de Portugal, chegou a demonstrar interesse nele, assim como o futebol chinês, destino criticado pelo presidente. "Para jogadores ascendentes, como ele, não é hora. Temos de ter calma. Aconselhamos a ele que esqueça essa janela", explicou o mandatário santista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.