Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Modesto vai à Itália, mas quer manter Robinho sem gastar

Intenção é prorrogar vínculo para aumentar visibilidade do atacante

GONÇALO JUNIOR, O Estado de S. Paulo

11 de maio de 2015 | 12h29

O presidente Modesto Roma Júnior, do Santos, embarca nesta segunda-feira para a Itália, onde vai negociar com o Milan um novo empréstimo do atacante Robinho - seu contrato termina no dia 30 de junho. O dirigente retorna no próximo sábado.

O Santos tentará ampliar a permanência de Robinho sem fazer novos investimentos. A intenção é prolongar o vínculo, argumentando que o atacante terá visibilidade para uma nova transferência em 2016, quando termina seu contrato com o clube italiano. Paralelamente, o Santos tem de quitar uma dívida com o próprio jogador, que tem atraso de sete meses nos direitos de imagem.

Para convencer os italianos, o dirigente não descarta colocar outros santistas no negócio, como o atacante Gabriel, de 18 anos, que perdeu espaço com a chegada de Ricardo Oliveira, e também o zagueiro Gustavo Henrique.

Mesmo que consiga renovar o empréstimo de Robinho, o Santos terá de aprender a conviver sem seu principal jogador no mês de junho. A partir do dia 1º, ele estará com a seleção brasileira, que vai disputar a Copa América. Até a apresentação, Robinho tem mais quatro partidas pelo clube: contra Cruzeiro e Sport, na Vila Belmiro, e Chapecoense, em Santa Catarina, pelo Campeonato Brasileiro, e o jogo de volta da segunda fase da Copa do Brasil contra o Maringá, nesta quarta-feira, em casa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.