Antonio Bronic/Reuters
Antonio Bronic/Reuters

Modric celebra festa croata com 250 mil pessoas nas ruas: 'Realizamos um sonho'

Meia do Real Madrid ficou emocionado com a demonstração de carinho dos torcedores

Estadão Conteúdo

16 de julho de 2018 | 17h42

Um dia depois da derrota para a França na decisão da Copa do Mundo da Rússia, não houve ressaca que desanimasse o torcedor da Croácia. Pelo contrário, as ruas de Zagreb foram tomadas por centenas de milhares de pessoas orgulhosas, que celebraram a chegada dos jogadores da seleção nacional como verdadeiros campeões.

+ Croácia é recebida com festa por milhares de torcedores em sua chegada a Zagreb

+ Zagueiro Lovren lamenta idade avançada de destaques da Croácia ao projetar futuro

+ Copa da Rússia tem menor número de expulsões desde o Mundial de 1978

De acordo com a polícia local, mais de 250 mil pessoas ignoraram a derrota por 4 a 2 para a França na final e receberam a delegação croata com muita festa. Afinal, se o título não veio, o país realizou sua melhor campanha em Copas do Mundo, superando a semifinal alcançada em 1998, justamente na França.

A demonstração de carinho emocionou os atletas, que também deixaram de lado qualquer frustração com a queda na decisão para celebrar. "O que posso dizer? Obrigado, Zagreb! Obrigado, Croácia!", declarou Luka Modric, eleito o melhor jogador do Mundial. "A gente realizou um sonho", completou.

Os jogadores desfilaram em um caminhão aberto e foram ovacionados pela torcida, que gritou o nome de cada um deles e do país. A recepção surpreendeu os próprios atletas, que divulgaram fotos e vídeos em suas redes sociais destacando a festa da torcida com bandeiras, coreografias e sinalizadores, que pintaram de vermelho as ruas de Zagreb.

A festa seguiu até as primeiras horas da noite e foi comemorada também pelo meia Ivan Rakitic, outro dos destaques croatas na Copa do Mundo. "É impossível descrever nossos sentimentos. Não há palavras para isso. Realmente, estamos orgulhosos por termos defendido nossas cores. Quando vejo isso, sei que todos estivemos juntos na Rússia. Seguiremos tentando fazer com que sejam felizes e orgulhosos", disse.

Para que a festa de recepção da seleção croata pudesse contar com o maior número possível de torcedores, a companhia estatal ferroviária reduziu pela metade o preço das passagens para Zagreb, enquanto autoridades da capital nacional anunciaram que o transporte público seria gratuito nesta segunda-feira.

A TV estatal croata também clamou para que os torcedores aproveitassem este "momento histórico" que seria o retorno dos jogadores da seleção ao país. Já outros veículos da imprensa local descreveram os atletas como "nossos heróis" pela campanha na Rússia.

 
 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.