Modric, Rakitic e Mandzukic são liberados de jogo da Croácia e voltam aos clubes

'Tentamos dar mais espaço para aqueles que normalmente jogam menos', justifica o técnico Ante Cacic

Estadao Conteudo

26 de março de 2017 | 12h34

O técnico Ante Cacic anunciou neste domingo a liberação de alguns dos principais jogadores da seleção croata. Os meias Modric e Rakitic e o atacante Mandzukic, entre outros, deixaram a delegação do país após a vitória de sexta-feira sobre a Ucrânia e não disputarão o amistoso diante da Estônia, terça-feira.

A decisão de Cacic serviu para melhorar a relação da seleção croata com os clubes europeus, que costumam reclamar da necessidade de liberar seus jogadores para amistosos. Assim, Modric já iniciará a próxima semana treinando normalmente no Real Madrid, Rakitic, no Barcelona, e Mandzukic, na Juventus. O treinador ainda liberou o goleiro Subasic, do Monaco, e o atacante Kalinic, da Fiorentina.

"Em todos os nossos amistosos anteriores, tentamos dar mais espaço para aqueles que normalmente jogam menos, para avaliar se acertamos ao chamá-los para a seleção. Eu pretendo fazer o mesmo na Estônia e para nós, este amistoso é mais do que bem vindo", justificou Cacic.

Além de todos estes nomes liberados, o treinador croata terá outro desfalque para o confronto de terça. Ele não poderá contar com o meio-campista Brozovic, que sofreu uma lesão no joelho e pode se tornar problema até para a Inter de Milão.

Tudo o que sabemos sobre:
futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.