Mogi Mirim e Portuguesa ficam no empate e não alteram suas posições no Paulistão

Se apenas a vitória interessava, então o empate por 1 a 1 entre Mogi Mirim e Portuguesa não adiantou muito para as pretensões dos times dentro do Paulistão. O resultado foi justo em duelo disputado neste sábado à tarde no Estádio Romildão, em Mogi Mirim, pela 11.ª rodada. Agora, sem vencer há cinco jogos, o Mogi soma 17 pontos, ainda na vice-liderança do Grupo A, liderado pelo São Paulo, mas só dois pontos na frente do Red Bull, que tem 15. A Portuguesa, sem vencer há quatro jogos, é terceira colocada do Grupo C, atrás de Botafogo, com 15, e pelo líder Palmeiras.

Estadão Conteúdo

21 Março 2015 | 18h21

Os dois times começaram o jogo em alta velocidade, cada qual de sua maneira em busca do gol. O Mogi tinha mais volume de jogo, mas o time do Canindé mostrava-se perigoso nos contra-ataques. E abriu o placar aos 24 minutos com Léo Costa. Ele tentou cruzar pelo alto, a defesa não cortou, ninguém alcançou e a bola quicou no chão, ganhou efeito e morreu no ângulo do goleiro Daniel.

Depois disso, por alguns momentos, o Mogi se perdeu em campo, errando muitos passes e não chegando com perigo ao gol adversário. A situação melhorou no segundo tempo, quando o time da casa passou a buscar o empate na base da pressão total. A bola passou a ser cruzada dos dois lados, com a defesa da Portuguesa aliviando como conseguia. Mas, de tanto insistir, o Mogi Mirim chegou ao empate aos 15 minutos. Após cruzamento do lado direito com Edson Ratinho, o goleiro Daniel não cortou, Giovane tocou e o zagueiro Guilherme salvou em cima da linha. Na ânsia de salvar, chutou em cima de Valdir e a bola entrou: 1 a 1. Na comemoração, Valdir saiu pulando com um pé só em lembrança ao atacante Thomas Anderson que sofreu uma fratura no treino de sexta-feira.

Após o empate, o ritmo de jogo diminuiu. Mesmo assim, o Mogi continuou atuando no campo ofensivo, enquanto a Portuguesa tentava apenas nos contra-ataques, mas sem chances de chegar com perigo ao gol de Daniel. Aos 43 minutos, o goleiro Rafael Santos garantiu o empate para o time da capital ao espalmar um chute à queima-roupa de Giovane.

Na quarta-feira, às 19h30, pela 12.ª rodada do Paulistão, o Mogi Mirim encara o Linense, em Lins. De outro lado, na terça-feira, às 19h30, a Portuguesa vai enfrentar o Corinthians, às 19h30, no Itaquerão.

FICHA TÉCNICA

MOGI MIRIM 1 X 1 PORTUGUESA

MOGI MIRIM - Daniel; Valdir, Fábio Sanches, André Luís e Leonardo; Magal, Val (Hygor), Edson Ratinho e Élvis (Geovane); Vitinho e Magrão (Rivaldo Júnior). Técnico: Claudinho Batista

PORTUGUESA - Rafael Santos; Fillipi Souza, Guilherme, Valdomiro e Paulo Henrique; Ferdinando (Caíque), Bruno Piñatares, Léo Costa e Edno; Popó (Jean Mota) e Matheus Ortigoza (Diego). Técnico: Aílton Silva.

GOLS - Léo Costa, aos 24 minutos do primeiro tempo; Valdir, aos 15 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Vinícius Gonçalves Dias Araújo

CARTÕES AMARELOS - Val e André Luís (Mogi Mirim)

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis

LOCAL - Estádio Romildo Ferreira, em Mogi Mirim (SP)

Mais conteúdo sobre:
futebol Paulistão Mogi Mirim Portuguesa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.