Mogi Mirim perde Antônio Carlos Zago e já mira Vadão

MOGI MIRIM - O Mogi Mirim sofreu uma baixa importante nesta quarta-feira para a sequência do Campeonato Paulista. O técnico Antônio Carlos Zago anunciou que está deixando o clube para comandar o Vila Nova, de Goiás, que perdeu Hélio dos Anjos para o Sport. A diretoria já está de olho em um substituto e Oswaldo Alvarez, o Vadão, é o nome mais forte.

AE, Agência Estado

09 de fevereiro de 2011 | 17h50

Antônio Carlos Zago assumiu o Mogi Mirim no início do Campeonato Paulista, uma semana antes da estreia, ocupando a vaga de Roberval Davino. E comandou o time em seis jogos, conquistando duas vitórias, um empate e sofrendo três derrotas. Teve um aproveitamento de 38,9%.

Para substituir Antônio Carlos Zago, o primeiro nome da diretoria é o de Vadão, que fez sucesso comandando o Mogi Mirim no início da década de 90, quando lançou o time que ficou conhecido como "Carrossel Caipira". Vadão está cotado também no Bahia, que demitiu Rogério Lourenço no último domingo. Além dele, Ruy Scarpino, que deixou recentemente o São Bernardo, é outra possibilidade.

O Mogi Mirim não vem realizando um bom Campeonato Paulista e se encontra na 15.ª colocação, com apenas sete pontos e próximo da zona de rebaixamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.