Mogi Mirim tenta vencer 1ª em casa

O Mogi Mirim enfrenta o Corinthians neste sábado, no estádio Wilson de Barros, às 16h, lutando contra dois obstáculos: além do próprio adversário, corre contra o fato de ainda não ter vencido em casa no Paulistão. Em quatro jogos disputados foram três empates e uma derrota. Este retrospecto negativo causou, inclusive, a queda do técnico Paulo Bonamigo, há três semanas.Seu sucessor, o uruguaio Pedro Rocha, está preocupado. Ele quer mudar este retrospecto negativo. E pede que a torcida apóie a equipe. "Estamos trabalhando para vencer o jogo e espero que a torcida que vier ao campo se comporte, ajudando o time", afirma o treinador.Segundo Rocha, a vitória traria também uma motivação maior para o time, que ronda as últimas colocações na classificação geral do campeonato e teme pelo rebaixamento à Série A-2. Com 11 pontos ganhos, o Mogi divide a 11ª colocação com o próprio alvinegro."A equipe ainda não chegou ao ponto ideal. Está aquém do que poderia chegar. Nossa campanha poderia ser melhor se não fossem os cartões e os problemas com contusão", explica o treinador, lamentando o fato de não poder contar com o meia Válber, contundido.Preocupado, o treinador mantém o esquema tático 3-5-2 e a base das últimas partidas. A única dúvida é o meia Jean. Contundido, o jogador está fazendo tratamento intensivo. Se for vetado, Márcio será escalado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.