Mogi Mirim terá ataque experiente

Com o atacante Dênis negociado ao Kuwait, o técnico Jorge Raulli já começa a pensar na nova dupla de ataque para a seqüência do Campeonato Brasileiro da Série B. O mais provável é que seja formada pelos experientes Cléber e Clóvis. Os dois juntos somam 62 anos. Revelado pelo América em 1994, Cléber, aos 30 anos, chegou ao Mogi pela primeira vez em 1995, ficando até 1997. Depois passou ainda por vários clubes, entre eles o Kyoto Purple Sanga, do Japão, Merida, da Espanha, Coritiba, Portuguesa e Guarani. Clóvis também é bastante conhecido no futebol brasileiro, tendo passado por Corinthians, Vasco, Guarani e Benfica, de Portugal. Este ano, jogando pelo Atlético Sorocaba, foi o artilheiro do Campeonato Paulista da Série B2, com 12 gols. Mesmo com a preocupação de Raulli, Dênis ainda deve jogar pelo Mogi Mirim nesta sexta-feira, contra a Portuguesa. A diretoria disse que ainda não recebeu os US$ 300 mil da transação e, por isso, vai escalá-lo. Já Paulo Nunes continua seu martírio . Há seis meses no clube, ainda não marcou um gol sequer e pode até ser dispensado nos próximos dias.

Agencia Estado,

30 de julho de 2003 | 17h44

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.