Mogi Mirim usa tempo para corrigir falhas

Com nove dias de folga na tabela do Campeonato Brasileiro da Série B, o Mogi Mirim quer aproveitar este tempo para corrigir os constantes erros de marcação que a equipe vem tendo ao longo da competição. O time do interior paulista carrega o rótulo de pior defesa dentre os 24 participantes.Com 22 pontos e na 19ª posição, em 19 jogos sofreu 39 gols, três a mais que o lanterna União São João, de Araras. "Temos tempo para corrigir estes problemas. O time tem qualidade e pode muito bem dar a volta por cima", garante o técnico Jorge Raulli, lembrando da incômoda posição na classificação. Faltando quatro jogos para o término da primeira fase, o Mogi Mirim ainda luta para não cair para a terceira divisão em 2004.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.