Mogi perde e fica com pé na Série C

Pelo encerramento da 19ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, o Mogi Mirim perdeu para o CRB por 1 a 0 e praticamente selou seu rebaixamento para a Terceira Divisão em 2005. O fracasso no estádio Rei Pelé, em Maceió, entra nas estatísticas como o 11º jogo sem vitória do time do interior paulista. A derrota deixou o Mogi em uma situação muito complicada na tabela. Com 16 pontos apenas, é o penúltimo colocado, e não pode mais perder pontos nos quatro jogos restantes. Já o CRB, subiu para o 14º posto, com 24 pontos, e ficou longe do descenso. Com o desespero de precisar do resultado estampado na cara de cada jogador dos dois times, o primeiro tempo teve como característica a forte marcação e a tentativa sem êxito de algumas finalizações. Jogando em casa, o CRB tomava a iniciativa, mas não finalizava com qualidade. No segundo tempo, logo a um minuto o meia Alexandre foi expulso após cometer falta boba. A inferioridade numérica começou a pesar e os visitantes se preocuparam em defender. Aos 25 minutos foi a vez do técnico José Carlos Serrão ser excluído do jogo pelo juiz. Abatido, o Mogi Mirim ainda teve mais a lamentar. Aos 29 minutos o atacante Leandrinho sofreu uma falta duvidosa dentro da área adversária. O assistente confirmou a falta, mas fora da área. Após a cobrança, o zagueiro Jorginho Baiano, irmão de Júnior Baiano, atualmente no Flamengo, marcou de cabeça o único gol do jogo. Os dois times voltam a campo no próximo sábado, a partir das 16 horas. O CRB enfrenta o Santo André, no ABC Paulista, enquanto o Mogi Mirim joga suas últimas fichas contra o rebaixamento em casa, diante do Caxias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.