Mogi promete respeitar o lanterna

O Mogi Mirim largou bem na repescagem do Campeonato Paulista, ao vencer o Botafogo, por 3 a 1, mas não quer perder a concentração nos próximos jogos. Tanto que o técnico Luis Carlos Vinck reuniu os jogadores nesta segunda-feira à tarde para ao elenco que respeite o Juventus, seu adversário, quarta-feira à tarde, na Rua Javari, em São Paulo. O técnico vê dificuldades no forte calor em que o jogo será disputado, a partir das 15 horas. Ele também considera o Juventus um adversário perigoso, embora até agora o time da Mooca não tenha somado ponto em sete jogos. Tanto que é o mais cotado para ser rebaixado à Série A2. A principal arma do Mogi tem sido o meia-atacante Cléber, ex-Portuguesa, que tem marcado gols e participado de quase todas as jogadas ofensivas do time. O atacante Paulo Nunes, ex-Palmeiras, estreou diante do Botafogo e promete melhor entrosamento e mais movimentação neste segundo jogo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.