Mogi quer valorizar posse de bola

Ciente de que uma derrota poderá colocar o Mogi Mirim na última colocação no Grupo 2 do Campeonato Paulista, o técnico Jorge Raulli promete valorizar a posse de bola para conquistar um bom resultado contra o Santos, nesta quarta-feira à noite, na Vila Belmiro, na Baixada Santista. "Sabemos o ponto forte do Santos e precisamos bloquear essas jogadas. Nós treinamos para enfrentar os titulares que estavam na Seleção Pré-Olímpica (o zagueiro Alex, o volante Paulo Almeida, os meias Elano e Diego e o atacante Robinho)", comentou Raulli. "Quando tivermos a posse de bola, precisamos agredir", completou. Em relação ao time que começará jogando, o técnico adiantou algumas alterações, mas ainda tem dúvidas. O lateral-esquerdo Vanim, contundido está descartado. Para essa vaga, o reserva imediato Daniel e o lateral-direito Júlio César são as opções. Se o segundo for escolhido, o volante Márcio, que estréia entre os titulares, irá para a direita, enquanto Dione continua no meio. "Treinei forte nos últimos dias e agora é esperar a decisão do treinador. Da minha parte estou pronto e com muita vontade de jogar", disse Márcio.

Agencia Estado,

27 de janeiro de 2004 | 15h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.