Mogi recebe Palmeiras sob tensão

O Mogi Mirim recebe amanhã o Palmeiras na penúltima rodada da primeira fase do Campeonato Paulista da Série A1 sob alta tensão. Afinal, o time de Mogi Mirim está na 13ª colocação com 15 pontos e seriamente ameaçado pelo rebaixamento para a Série A2 no próximo ano.Portanto, o técnico Pedro Rocha e seus jogadores sabem que somente a vitória interessa, para não depender de ninguém na última rodada. Por sinal, a reta final da competição não é nada fácil para o Mogi. Apesar de jogar em casa, o time enfrenta Palmeiras e Santos, respectivamente."E não devemos pensar em deixar para conquistar essa vitória na última rodada, quando enfrentamos outro adversário difícil, o Santos", antecipa o meia Válber.O experiente jogador, por sinal, ficará apenas na torcida por seus companheiros nas duas rodadas seguintes. Depois de dois meses parado por causa de uma contusão muscular, ele voltou a senti-la no jogo contra a Matonense e foi vetado pelo departamento médico do clube.Seu substituto deve ser Willian. As outras novidades no time são as voltas dos meio-campistas Márcio e Everaldo, após cumprirem suspensão. Mesmo assim, o time só será confirmado no vestiário momentos antes do jogo. O técnico Pedro Rocha pretende neutralizar as principais jogadas do adversário e já antecipou que fará uma marcação especial sobre o meia Alex, considerado o cérebro do Palmeiras. "Ele articula as jogadas e pensa antes que os outros", justifica Rocha, ex-meia do São Paulo e da seleção uruguaia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.