Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Moisés diz ter recusado proposta do futebol árabe para ficar no Palmeiras

Com contrato até 2020, meia revela oferta de time do exterior, mas garante que a tendência é continuar na equipe

O Estado de S. Paulo

24 de julho de 2018 | 16h19

O meia Moisés, do Palmeiras, afirmou nesta terça-feira que recebeu recentemente uma proposta para deixar o Palmeiras. Em entrevista ao canal Fox Sports o jogador contou que um clube dos Emirados Árabes Unidos enviou ao seu empresário uma oferta, que foi recusada pelo time paulista. Porém, as conversas devem continuar nos próximos dias.

+ Weverton diz ter se espelhado em Jailson para crescer

+ Marcos Rocha afirma que instabilidade atrapalha o clube

"Eu tenho proposta dos Emirados Árabes, não sei o time, mas o meu empresário sentou com o Palmeiras, em um primeiro momento o Palmeiras não aceitou, e a gente tem conversado", disse o jogador. Moisés está no clube desde 2016 e tem contrato até dezembro de 2020. No último domingo o meia marcou um dos gols da vitória por 3 a 2 sobre o Atlético-MG, no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro.

O camisa 10 do Palmeiras explicou que apesar da procura, a tendência é para que continue no clube. "Acredito que eu vou ficar. O Palmeiras está feliz comigo, eu estou feliz no Palmeiras. Nesse primeiro momento a conversa é pela permanência. Nos próximos dias, a gente deve acertar isso", comentou o meia. Moisés tem 84 partidas e oito gols com a camisa do time.

Nesta janela de transferências a diretoria do Palmeiras conseguiu fazer vendas expressivas, como as saídas de Keno, Tchê Tchê e Fernando, foram as negociações de atletas pouco utilizados recentemente, como Fuzato, João Pedro e Roger Guedes. A diretoria também recusou uma investida da China pelo atacante Dudu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.