Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Moisés e Gustavo Henrique têm efeito suspensivo e reforçam Palmeiras e Santos

Decisão no STJD atende pedidos dos dois clubes e libera dupla para as semifinais do Paulista

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

04 de abril de 2019 | 19h59

Palmeiras e Santos obtiveram nesta quinta-feira o efeito suspensivo para o meia Moisés e o zagueiro Gustavo Henrique. Os dois haviam recebido na segunda-feira a suspensão de quatro jogos no Campeonato Paulista em decisão do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), porém os clubes recorreram ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), no Rio, e tiveram sucesso.

Com a resposta positiva, os dois estarão livres para atuar até que um outro julgamento seja realizado. Pela decisão anterior, a dupla não poderia mais atuar pelo Campeonato Paulista, pois teria de cumprir suspensão de quatro jogos e cada time terá no máximo três compromissos pelo torneio: a segunda partida da semifinal e os dois jogos da decisão.

Moisés e Gustavo Henrique foram suspensos por terem brigado em campo durante o clássico entre Palmeiras e Santos, no Allianz Parque. Na confusão, eles se agarraram pela camisa e o palmeirense chegou a tomar um tapa do santista. Os dois não receberam cartões, porém os auditores decidiram puni-los por entenderem que a conduta foi contrária à ética desportiva.

Os clubes se irritaram com a punição de segunda-feira por se sentirem prejudicados pela decisão vir às vésperas da reta final da competição. Agora com o efeito suspensivo, tanto Moisés poderá enfrentar o São Paulo no domingo como Gustavo Henrique poderá entrar em campo contra o Corinthians, na segunda-feira.

Para Entender

Guia do Paulistão 2019: tudo o que você precisa saber sobre a competição

Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo vão iniciar competição com menos de três semanas de pré-temporada

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.