Moisés Egert deixa o comando do XV de Piracicaba

Moisés Egert não é mais o técnico do XV de Piracicaba. Ele mesmo entregou o cargo depois de sentir a forte pressão dentro do clube, que está ameaçado pelo rebaixamento no Campeonato Paulista. A derrota para o Catanduvense por 2 a 0, em pleno Estádio Barão da Serra Negra, no último domingo, foi decisiva para a sua saída.

AE, Agência Estado

13 de fevereiro de 2012 | 17h41

"Venho de dois acessos pelo XV (da Série A3 até a Série A1) e não posso jogar toda minha história fora. É o momento de mudar", comentou Moisés Egert, ao justificar sua decisão de deixar o clube.

Agora, a diretoria do XV de Piracicaba parte em busca de um novo treinador para a sequência do Paulistão. Com apenas cinco pontos, o time caiu para a 17ª colocação, dentro da zona de rebaixamento. E o próximo jogo será contra a Portuguesa, sexta-feira, no Canindé, em São Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPaulistãoXV de Piracicaba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.