Ricardo Duarte/ SC Internacional
Ricardo Duarte/ SC Internacional

Moisés pede foco ao Internacional, sem se 'preocupar com Flamengo ou Atlético-MG'

Equipe colorada viu sua vantagem para o vice-líder diminuir para dois pontos

Redação, Estadão Conteúdo

05 de fevereiro de 2021 | 00h02

Lutando pelo título que não vem desde 1979, o Internacional, na noite desta quinta-feira, foi à Arena da Baixada, em Curitiba (PR), e não saiu do empate sem gols com o Athletico-PR. Após o duelo, válido pela 34ª de 38 rodadas do Campeonato Brasileiro, Moisés, lateral-esquerdo colorado, comentou o resultado e falou sobre a atuação dos gandulas rubro-negros, cujos desempenhos foram motivos de reclamações dos visitantes.

"É claro que viemos aqui para buscar os três pontos. Infelizmente, não conseguimos. Mas, quando não dá para ganhar, não podemos perder. O gramado dificultou um pouco. Demoramos um pouco para pegar o ritmo. O Athletico já está acostumado. Quanto aos gandulas, é assim, eles são do Athletico-PR. A equipe está de parabéns pela entrega", comentou o defensor, que ainda falou sobre um pedido de pênalti no último lance do confronto.

"(Naquele lance) O (lateral-esquerdo do Athletico-PR) Abner (Vinícius), foi um erro técnico. Pegou na mão, mas o árbitro (Ricardo Marques Ribeiro) entendeu como lance normal. É isso aí. Vínhamos de nove vitórias consecutivas, somos líderes. Vamos jogo a jogo", garantiu.

Com o resultado, os visitantes seguem na liderança, com 66 pontos, dois à frente do Flamengo, que venceu o Vasco. Atlético-MG, 60, e São Paulo, com 58, seguem com chances matemáticas. Os comandados do técnico Abel Braga recebem o Sport, no Beira-Rio, em Porto Alegre (RS), às 19h da próxima quarta-feira.

"Agora descansar e fazer um bom jogo contra o Sport. Temos que fazer o nosso jogo, que é o mais importante. Não podemos nos preocupar com Flamengo ou Atlético-MG", disse o atleta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.