Monaco faz a farra em cima do La Coruña

O Monaco não tem grande tradição na Europa, mas a partida desta quarta-feira contra o La Coruña entrará para a história. O time do Principado encantou a torcida que foi ao Estádio Louis II, com a goleada por 8 a 3 sobre os espanhóis, na quarta rodada do Grupo C da Liga dos Campeões. O destaque foi o atacante croata Dado Prso, autor de quatro gols, no dia em que completou 29 anos. A festa do Monaco começou aos 2 minutos, com o gol de Rothen, que encobriu o goleiro Molina com um toque preciso. Aos 11, Giuly aumentou. Então, começou a brilhar a estrela de Prso, que desandou marcar: aos 25, aos 29, aos 47 do primeiro tempo e aos 4 minutos do segundo. Plasil aos 2 e Ciesse aos 22, também da segunda etapa, completaram a surra. O Deportivo, que jogou com uniforme de cor laranja, descontou com Diego Tristán aos 39, Scaloni aos 45 do primeiro tempo e Tristan aos 7 minutos do segundo. Com este resultado, o Monaco saltou para a liderança da chave, com 9 pontos em quatro rodadas, mas ainda não garantiu classificação para a próxima fase. Já o Deportivo, que tem falhado no Campeonato Espanhol, caiu para o segundo lugar, com 7. O PSV vem em terceiro, com 6, depois de fazer 2 a 0 no lanterna AEK (1). Bouma e Robben garantiram a segunda vitória dos holandeses. A Juventus tem motivos para comemorar, mesmo com o 0 a 0 com a Real Sociedad, em San Sebastián. A equipe italiana, atual vice-campeã européia, chegou a 10 pontos no Grupo D e garantiu classificação para as oitavas-de-final. Dessa forma, se junta ao Real Madrid, que confirmou a vaga terça-feira, também com um 0 a 0 (em Belgrado, contra o Partizan). A Real Sociedad está na vice-liderança, com 7 pontos. O Olympiakos conseguiu os três primeiros pontos, na chave, ao bater o Galatasaray (3) por 3 a 0, gols de Mavrogenidis, Castillo e do brasileiro Giovanni (ex-Santos). No Grupo A, quem brilhou foi o Lyon, com os 2 a 1 sobre o Bayern de Munique, no campo do adversário. O destaque foi a dupla de brasileiros Juninho Pernambucano e Élber, autores dos gols que mantiveram o bicampeão francês na primeira colocação, agora com 7 pontos. O holandês Roy Makaay descontou para os alemães, que caíram para o terceiro lugar, agora com 5 pontos. A vice-liderança passou para o Celtic, que recebeu o Anderlecht, em Glasgow, e venceu por 3 a 1. Larsson, Miller e Sutton marcaram para os escoceses, enquanto Dindane descontou para os belgas, que seguram a lanterna, com 4 pontos. O equilíbrio continua a ser a característica principal do Grupo B, em que os quatro times estão na briga pelas duas vagas para a próxima fase e uma para a Copa Uefa (reservada àquele que terminar em terceiro lugar). A liderança ainda é da Internazionale, que jogou em Milão contra o Lokomotiv Moscou e não passou de empate por 1 a 1. Os italianos, com 7 pontos, saíram na frente, com gol do uruguaio Alvaro Recoba, aos 14 minutos do primeiro tempo. Os russos, que haviam vencido em casa por 3 a 0, igualaram aos 9 minutos da segunda etapa, com Loskov. O Arsenal entrou na luta, ao conseguir a primeira vitória ? 1 a 0 sobre o Dinamo Kiev, gol de Cole a um minuto do fim. Os ingleses têm 4 pontos, contra 5 dos russos e 6 dos ucranianos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.