Divulgação
Divulgação

Monaco oficializa contratação e assina até 2020 com Boschilia

Meia de 19 anos chega ao clube em negociação de R$ 34 milhões

Estadão Conteúdo

10 Agosto 2015 | 15h50

O meia Gabriel Boschilia é oficialmente jogador do Monaco. Nesta segunda-feira, o jogador brasileiro, que estava no São Paulo, assinou contrato válido até junho de 2020 com o clube francês e já posou para fotos com a camisa da equipe após ser aprovado nos exames médicos.

"Eu tenho muito orgulho de me comprometer com o Monaco e ter a oportunidade de trabalhar em um grande clube como o Monaco. Eu vou fazer de tudo para ajudar a equipe e colocar minhas habilidades a serviço da equipe", afirmou Boschilia ao site oficial do clube francês.

O vice-presidente do Monaco, Vadim Vasilyev, mostrou que a participação do meia do São Paulo no último Mundial Sub-20, neste ano, quando a seleção brasileira acabou sendo vice-campeã, pesou na decisão do clube de investir na contratação de Boschilia, de apenas 19 anos.

"Estamos muito orgulhosos em receber Gabriel Boschilia. Gabriel é uma jovem esperança brasileira que brilhou no Mundial Sub-20 e que temos acompanhado regularmente. Ele tem apenas 19 anos e nós acreditamos muito nele. Estamos convencidos de que ele crescerá e irá demonstrar todo o seu potencial em contato com os outros jogadores", disse o dirigente.

A concretização da saída de Boschilia para o Monaco deve render ao São Paulo cerca de R$ 24,3 milhões. Dono de 50% dos direitos econômicos do jogador, o clube do Morumbi vai ficar com 70% do valor total do negócio.

A negociação começou há três meses. O total a ser investido pelo Monaco será de R$ 34,7 milhões. Desse total, o São Paulo conseguirá ficar com 70% por ter convencido a outros dois donos de parcelas dos direitos econômicos de Boschilia a abrirem mão de 10% cada um. O próprio jogador é dono de 20% e a um grupo de empresários pertence os outros 30%. O Guarani, clube formador do meia, deve receber cerca de R$ 460 mil.

No Monaco, Boschilia terá a companhia de outros dois jogadores brasileiros, o lateral-direito Fabinho e o zagueiro Wallace. A equipe estreou no Campeonato Francês com vitória por 2 a 1 sobre o Nice, fora de casa, no último fim de semana, e disputará uma vaga na fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa com o Valencia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.