Valery Hache/AFP
Valery Hache/AFP

Monaco perde para time da 2ª divisão e é eliminado da Copa da França

Equipe do técnico Thierry Henry foi derrotada por 3 a 1, em casa pelo Metz

Redação, Estadão Conteúdo

22 de janeiro de 2019 | 20h58

Em crise, o Monaco estendeu os maus resultados do Campeonato Francês para a Copa da França. Nesta terça-feira, o time treinado por Thierry Henry foi derrotado por 3 a 1, em casa pelo Metz, equipe que lidera a segunda divisão francesa, e está eliminado do torneio.

O zagueiro Gauthier Hein, o franco-marfinense Marvin Gakpa e o atacante senegalês Ibrahima Nianee marcaram os gols que garantiram o Metz nas oitavas de final do torneio. Penúltimo colocado do Campeonato Francês, o Monaco fez seu gol de honra com o colombiano Falcao Garcia.

Nos outros jogos do dia, Villefranche Beaujolais e Lyon La Duchere, ambos da terceira divisão, derrotaram Les Herbiers e Andrezieux, pertencentes à quarta divisão, por 2 a 0 e 2 a 1, respectivamente. Já o Lille superou o Sete por 1 a 0, com gol do meia Jonathan Bamba, e o Guingamp, lanterna do Campeonato Francês, precisou do tempo extra para derrotar o Nancy por 2 a 1, após o empate em 1 a 1 no tempo regulamentar.

O jogo mais emocionante foi o empate em 4 a 4 entre Toulouse e Reims. No tempo normal, o Toulouse, jogando em casa, ficou na frente do placar três vezes, mas o Reims buscou o resultado nas três ocasiões e na prorrogação virou para 4 a 3. A equipe mandante, no entanto, fez o gol que levou a partida para a decisão nas penalidades aos 14 minutos da segunda etapa do tempo extra e definiu a vaga ao converter quatro pênaltis, contra três dos adversário.

Nesta quarta-feira, o mata-mata segue com mais seis jogos, entre eles o do Paris Saint-Germain, de Neymar e companhia, que encara o Strasbourg. O Nantes, que também jogaria na quarta, teve seu duelo contra o Entente SSG, da terceira divisão, adiado. O motivo do adiamento é o desaparecimento do avião que levava o atacante ítalo-argentino Emiliano Sala da França para o País de Gales. O jogador havia sido negociado pelo Nantes ao Cardiff, que disputa o Campeonato Inglês. Segundo a polícia inglesa, a chance de haver sobreviventes no avião é muito pequena.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.