Monterrey encara jogo contra o São Paulo como decisão

Para mexicanos, confronto com time tricolor é a última chance de se manterem vivos na Libertadores

AE, Agência Estado

30 de março de 2010 | 14h57

No que depender do ânimo dos jogadores do Monterrey, o São Paulo terá grandes dificuldades na partida desta quarta-feira, no México, pela Copa Libertadores. O meio campista Sergio Pérez, por exemplo, afirmou que o confronto precisa ser encarado como uma decisão para os mexicanos.

Veja também:

linkPrestes a fazer jogo 200, Miranda quer a Libertadores

linkJuvenal Juvêncio tenta acabar com clima tenso no São Paulo

"É um jogo decisivo porque pode ser a ponte para que nos classifiquemos à segunda fase. Sabemos que é ganhar ou morrer, e obviamente queremos que seja do nosso lado a vitória", afirmou Pérez.

Pensamento similar tem Gerardo Galindo, que vê no jogo contra o São Paulo a última chance da equipe mexicana se manter viva na competição. "Esta é a última oportunidade de fazermos algo no torneio. Devemos nos concentrar durante os 90 minutos, ter uma grande atitude, um grande futebol e um grande desejo de seguir em frente", disse o jogador do Monterrey.

O São Paulo está na liderança do Grupo 2 com nove pontos, enquanto o time mexicano é o terceiro colocado com cinco.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.