Vitor Silva/SSPress/Botafogo
Vitor Silva/SSPress/Botafogo

Montillo deixa a aposentadoria e acerta com penúltimo colocado do Argentino

Jogador de 33 anos revelou nesta sexta-feira que vestirá a camisa do Tigre

Estadão Conteúdo

12 Janeiro 2018 | 15h26

Durou apenas seis meses a aposentadoria do meia Walter Montillo. Depois de anunciar o adeus ao futebol em junho, o jogador de 33 anos definiu nesta sexta-feira seu retorno ao futebol com a camisa do Tigre, pequeno clube de Victoria, nas cercanias de Buenos Aires, que ocupa a penúltima colocação do Campeonato Argentino.

"Walter Montillo chegou a Escobar e já treinou com o Tigre às ordens dos preparadores físicos. Nas próximas horas, assinará seu contrato com o clube", explicou o time argentino através das redes sociais.

O acerto com o Tigre representa a volta ao futebol do meia, que no dia 29 de junho havia anunciado sua aposentadoria. Em lágrimas, o jogador, à época no Botafogo, decidiu abandonar a carreira por causa de uma série de lesões com a camisa alvinegra. "A genética não deixou eu fazer o que eu mais gosto", disse.

+Cinco meses após se aposentar, Montillo anuncia que voltará em 2018

Montillo sempre deixou claro que a decisão pela aposentadoria foi forçada pelo seu corpo. Então, quando as lesões pararam de persegui-lo, o meia decidiu voltar ao futebol. Em novembro, ele foi submetido a uma bateria de exames na Argentina, foi aprovado e, assim, anunciou que voltaria a atuar.

Havia a expectativa, então, para que o argentino voltasse a vestir a camisa do Botafogo, mas ela não se concretizou. Montillo tentará se restabelecer com a camisa do Tigre, o segundo pior time do Campeonato Nacional, que somou apenas oito pontos em 12 partidas disputadas até o momento.

+Papa Francisco relembra de cabeça escalação do San Lorenzo em 1946

Formado no San Lorenzo, Montillo ganhou destaque na Universidad de Chile após breve passagem pelo Morelia, do México. Viveu sua melhor fase no Brasil com a camisa do Cruzeiro, entre 2010 e 2012, mas decepcionou no Santos, no ano seguinte. Passou pelo Shandong Luneng e voltou ao País como grande aposta do Botafogo para a Libertadores do ano passado, mas, perseguido pelas lesões, pouco atuou com a camisa alvinegra.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.