Montillo garante que grupo está fechado com Ávila

Ainda sem vencer no returno do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro optou por manter Emerson Ávila à frente da equipe, mesmo sem que o treinador tenha conquistado uma vitória sequer nos cinco jogos que fez como técnico do time. Com a sobrevida dada a ele pela diretoria, o Cruzeiro encara o Vasco, neste domingo, na Arena do Jacaré. O argentino Montillo, o craque do time, promete que o elenco jogará pelo seu treinador.

AE, Agência Estado

24 de setembro de 2011 | 17h03

"Estamos fechados entre nós, gostamos do Émerson (Ávila). Toda a turma gosta dele. Ele sabe disso também. Mas, infelizmente, não estamos dando a alegria que ele merece. Vamos jogar contra o líder, um time bom. Mas vai ser importante ganhar, não só pelos pontos, mas também pela confiança. Jogaremos por muitas coisas no domingo", garantiu o meia. "O time está com vontade de voltar a vencer. Não falta raça, vontade", acha o argentino.

Para buscar sua primeira vitória no comando do Cruzeiro, Ávila não vai poder contar com sua dupla de zaga titular, já que Naldo está machucado e Léo vai cumprir suspensão. Jogarão os reservas Victorino e Cribari. "Nós dois conversamos muito durante essa semana e acertamos algumas coisas, porque a luta em campo será muito grande. Ainda não jogamos juntos em nenhuma partida e, portanto o diálogo será muito importante para conseguirmos trabalhar bem", comentou Cribari.

Outra novidade da equipe deverá ser o lateral-direito Vitor, que está recuperado de lesão e voltou a ser relacionado após seis jogos afastado - exatamente o período sem vencer do Cruzeiro. "Fiquei três semanas tratando da contusão e agora voltei e estou à disposição do Emerson, que está contando comigo. Estou com muita vontade de jogar e ajudar, principalmente porque o momento não é o melhor", disse o jogador.

Em relação ao último jogo, a derrota para o Coritiba, também ficaram de fora da lista de relacionados o lateral-esquerdo Diego Renan e o atacante Ortigoza.

Confira a lista dos 20 atletas relacionados:

Goleiros - Fábio e Rafael

Lateral direito Gil Bahia e Vitor

Zagueiros - Cribari e Victorino

Lateral-esquerdo - Gabriel Araújo

Volantes - Charles, Everton, Fabrício, Marquinhos Paraná e Sandro Manoel

Meias - Elber, Montillo, Bruninho e Roger

Atacantes - Anselmo Ramon, Bobô, Keirrison e Sebá

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.