Washington Alves/Divulgação
Washington Alves/Divulgação

Montillo marca dois e Cruzeiro vence a terceira sob comando de Joel

Jogando em casa, time mineiro bate o Grêmio por 2 a 0 e mantém série invicta do técnico

MARCELO PORTELA, Agência Estado

06 de julho de 2011 | 21h46

Com dois gols de Montillo, o segundo deles um golaço, o Cruzeiro venceu o Grêmio por 2 a 0 na noite desta quarta-feira, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro, em Sete Lagoas. O resultado mantém os 100% de aproveitamento do time mineiro sob o comando de Joel Santana. Este foi o terceiro jogo do técnico à frente da equipe, que conseguiu também sua terceira vitória na competição. Pior para Julinho Camargo, que estreou com derrota no comando do time tricolor, e para o veterano Gilberto Silva, que também fez sua primeira partida pelo Grêmio.

Apesar de jogar como visitantes, os gaúchos não se intimidaram e entraram em campo com um futebol agressivo e boas jogadas, com destaque para o jovem Leandro. Mas o Grêmio não marcou e, aos 26 minutos, o argentino Montillo, ídolo da torcida celeste, voltou a brilhar. Fabrício fez um lançamento pela direita e o meia emendou de primeira para o gol de Marcelo Grohe. Os visitantes ainda tentaram esboçar alguma reação, mas, depois de abrir o placar, os donos da casa impuseram o mando de campo e obrigaram os adversários a se fecharem.

O Grêmio voltou para o segundo tempo mais cauteloso e arriscou pouco. Mais uma vez, Leandro se destacou e foi responsável por algumas das melhores chances da equipe de Porto Alegre. Apenas no fim da partida o atacante vacilou e tentou cavar um pênalti, mas o árbitro paulista Wilson Luiz Seneme não foi na conversa dele e deu um cartão amarelo pela simulação.

Enquanto isso, a estrela de Montillo mostrou que estava realmente iluminada. Aos 9 minutos, Wallyson conseguiu roubar a bola da defesa na entrada da área gremista. O atacante foi até a linha de fundo e rolou atrás para o argentino, que chutou no Ângulo direito do gol, sem chance para o arqueiro adversário.

No fim da segunda etapa, o ritmo da partida caiu bastante e os dois times preferiram tocar a bola no meio de campo, esperando uma chance para investir. E os dois tiveram. Aos 36, Fabrício cabeceou para a pequena área e a bola passou na frente de Wallyson, mas o atacante não conseguiu completar - assim, ampliou seu jejum de gols para oito jogos. Pouco depois, foi a vez de Leandro ficar cara a cara com o goleiro Fábio, na melhor chance dos gaúchos, mas o arqueiro celeste fez uma excelente defesa e impediu que o atacante diminuísse.

"Estou contente pelo time, que está jogando bem", comemorou Montillo. "A gente está dando uma arrancada boa. A arrancada que a gente queria", completou Leandro Guerreiro.

O resultado deixa o Cruzeiro com 12 pontos, enquanto os gaúchos permanecem com oito. Na próxima rodada, no sábado, os mineiros vão ao Morumbi enfrentar o São Paulo. No domingo, o Grêmio recebe o Coritiba, no Olímpico.

CRUZEIRO - 2 - Fábio; Vítor, Gil, Naldo e Diego Renan (Everton); Fabrício, Marquinhos Paraná, Leandro Guerreiro e Montillo; Wallyson (Ortigoza) e Thiago Ribeiro (Roger). Técnico - Joel Santana.

GRÊMIO - 1 - Marcelo Grohe; Saimon (Edílson), Mário Fernandes, Rafael Marques e Neuton; Gilberto Silva, Fábio Rochemback, Marquinhos (Pessalli) e Leandro; Escudero (Miralles) e André Lima. Técnico - Julinho Camargo.

Gols - Montillo, aos 26 minutos do primeiro tempo, e aos 9 minutos do segundo; Cartões amarelos - Leandro Guerreiro, Leandro e Saimon; Árbitro - Wilson Luiz Seneme (SP-Fifa); Público e renda - Não disponíveis; Local - Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG).

Notícias relacionadas

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.