Maurizio Degl'Innocenti/Efe
Maurizio Degl'Innocenti/Efe

Montolivo aposta na força coletiva para Itália fazer boa campanha na Copa

Meia adia lua de mel para jogar Mundial e coloca Brasil como um dos favoritos ao título do torneio

Agência Estado

29 de maio de 2014 | 20h46

ROMA - Recém-casado, o meia Riccardo Montolivo terá que esperar para desfrutar a lua de mel. Em fase de preparação para a Copa, o jogador do Milan vai embarcar para o Brasil para buscar o pentacampeonato mundial com a Itália. E admite que existem seleções mais qualificadas individualmente, mas se apoia na força do grupo italiano para fazer uma grande campanha.

"A Copa do Mundo é complicada, existem seleções fortes, algumas talvez mais do que nós. Nós, provavelmente, temos um nível de individualidade menor que Brasil, Espanha, Argentina e Alemanha, mas se jogarmos como equipe podemos superar todos", disse Montolivo.

A seleção italiana não terá tempo para engrenar na Copa, pois terá uma missão difícil já na estreia. "O primeiro jogo será o mais delicado. Inglaterra é um time com uma grande tradição, tem jogadores de nível", lembrou Montolivo. Apesar disso, ele confia no entrosamento e maturidade da seleção italiana para chegar aos objetivos no Brasil. "O objetivo mínimo é passar a fase de grupo."

"Estamos mais bem preparados do que estávamos há dois anos. Estamos tentando soluções diferentes que, provavelmente, o treinador irá implementar de acordo com a nossa condição, e outros aspectos do oponente", explicou o meia. Montolivo ainda confia na qualidade do atacante Mario Balotelli para fazer a diferença quando necessário. "Mario sabe que este pode ser o seu Mundial, é um teste importante para ele."

Além dos ingleses, a Itália enfrenta a Costa Rica, em 20 de junho, no Itaquerão, e o Uruguai, no dia 24, na Arena das Dunas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.