Moraci quer interatividade com atletas

As dores, as contusões, as reclamações contra o cansaço convenceram Moraci Sant?Anna a sugerir a Parreira e demais companheiros de comissão técnica intensa interatividade com os atletas. Para evitar novas baixas como a de Belletti, haverá avaliação individual depois de cada jogo na Copa das Confederações. Acabou a partida, um bom papo servirá de teste físico e será decisivo para definir o time para a rodada seguinte. "Cada jogador nos contará como se sente", disse o preparador físico, que recomenda o bom senso como melhor método a seguir em momento delicado para a maioria dos convocados para a competição alemã. "O desgaste é visível", acentuou. "Quase todos estão em final de temporada, porque vêm da Europa e com calendário puxado." Cicinho é a exceção, dentre os que começam o jogo de quarta-feira, já que está atingindo o auge de seu condicionamento porque atua no Brasil. A intenção é a de seguir à risca as respostas individuais. Quem se queixar de estafa ou acusar qualquer alteração física, vai para o banco e descansa. Não se pretende correr riscos, sobretudo porque o torneio é curto e a seleção fará 5 jogos em duas semanas, desde que passe a primeira fase. A tendência, assim, é de que ocorrerão muitas modificações no time-base de um duelo para outro. Desde que a delegação chegou a Leverkusen, no sábado à tarde, a preocupação de Moraci tem sido a de manter os jogadores em atividade, mas sem forçar. A esta altura, não conta o preparo físico, precário afinal, mas a regularidade. Para tanto, tem insistido em bate-bolas de média duração, porque agem como exercício aeróbico sem a monotonia das longas corridas. "Vamos alternando três toques na bola, depois dois e em seguida um. Com isso, exigimos rapidez de raciocínio, reflexo e movimentação, tanto de quem tem a bola como de quem pretende recuperá-la", explicou. Com isso, combina lazer com a atividade física. Porém, sempre de olho em quem vacilar ou sentir cansaço em demasia. Já chega de baixas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.