Mordida de Suárez deixa apostadores felizes na Escandinávia

Enquanto o zagueiro italiano Giorgio Chiellini reagia com indignação ao ser mordido pelo atacante uruguaio Luis Suárez durante a partida de terça-feira pela Copa do Mundo, um punhado de apostadores na Escandinávia comemorava após sua improvável aposta se tornar realidade.

PHILI, REUTERS

25 de junho de 2014 | 09h35

O portal de apostas Betsafe cobria na razão de 175 para um as apostas de que o uruguaio, duas vezes punido por morder, iria afundar os dentes em algum adversário durante o Mundial no Brasil.

Mais de 100 apostadores decidiram que valia a pena arriscar. Quando Suárez confirmou as expectativas e mordeu Chiellini no ombro no segundo tempo do confronto pelo Grupo D em Natal, o momento foi de comemorar.

Um vencedor, Jonathan Braeck, de Stenungssund, na Suécia, apostou 80 coroas suecas (12,04 dólares) que Suárez iria morder alguém, e o professor substituto de 23 anos agora deve receber 14 mil coroas como prêmio.

"Primeiro eu pensei em apostar um pouco mais, mas um amigo disse que eu estava somente desperdiçando dinheiro", disse um radiante Braeck ao jornal SportExpressen.

"Quando a Itália cresceu no jogo, nós sabíamos que ele poderia ficar um pouco maluco", acrescentou. "Eu não achava que ele ia morder, mas que iria fazer algo estúpido. Então ele fez a melhor coisa estúpida que poderia fazer."

O Betsafe confirmou o prêmio. "É com satisfação que podemos confirmar que nosso cliente ganhou 14 mil coroas porque Suárez de maneira impressionante mordeu um oponente - de novo", disse Patrik Oqvist, gerente de marketing da Betsafe, ao jornal. "Nós nos divertimos em criar essas apostas estranhas e é muito legal que um cliente tenha acertado."

Tudo o que sabemos sobre:
COPASUAREZAPOSTA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.