Wilton Junior/Estadão
Wilton Junior/Estadão

Moro celebra título da Copa América nas redes e faz comparação com Lava Jato

'Brasil e Peru fazem, na Copa América, o clássico da Lava Jato/Caso Odbrecht', afirmou o ministro da Justiça

Roberta Jansen, O Estado de S.Paulo

07 de julho de 2019 | 21h45

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, que esteve no Maracanã para assistir à vitória do Brasil por 3 a 1 contra o Peru, na final da Copa América, tuitou logo depois do jogo; “Parabéns, Brasil,  vitória dentro de campo e também fora. Copa América sem incidentes de violência em todo o período.”

Mais cedo, o ministro já havia tuitado: “Brasil e Peru fazem, na Copa América, o clássico da Lava Jato/Caso Odbrecht. Foram os dois países da AL que mais agiram, em processos criminais, contra a corrupção. Houve intensa cooperação do Brasil com o Peru. Os dois países ganharam. Pena que no futebol só um pode ganhar.”

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araujo, que também esteve no Maracanã, também usou a rede social para parabenizar a seleção brasileira: “Assim como no ano mágico de 1989, trinta anos depois o Brasil vence a Copa América jogando em casa. Parabéns à Seleção Brasileira!” Os filhos do presidente Bolsonaro que acompanharam o pai ao Maracanã, Eduardo Bolsonaro e Flávio Bolsonaro, postaram vídeos do presidente entrando em campo para parabenizar os jogadores.

No total, nove ministros estiveram com o presidente Jair Bolsonaro no Maracanã. Além deles e dos dois filhos de Bolsonaro, alguns deputados estiveram no jogo. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.