Márcia Alves/AE - 6/3/1996
Márcia Alves/AE - 6/3/1996

Morre ex-goleiro Félix, campeão do mundo com a seleção brasileira em 1970

Com 74 anos, ex-jogador faleceu em decorrência de uma parada cardiorrespiratória

O Estado de S. Paulo

24 de agosto de 2012 | 10h11

SÃO PAULO - Goleiro titular da seleção brasileira na Copa de 1970, quando o Brasil se sagrou tricampeão mundial com um time histórico, Félix morreu nesta sexta-feira, aos 74 anos. Ele lutava contra um enfisema pulmonar e estava internado no Hospital Vitória, em São Paulo, desde sábado. Por volta das 7 horas da manhã, Félix sofreu uma parada cardiorrespiratória e não resistiu.

Nascido em Caratinga, Minas Gerais, Félix iniciou a carreira defendendo o Juventus e depois passou por Portuguesa e Nacional, todos clubes de São Paulo, para em seguida defender o Fluminense, onde atuou por oito anos, entre 1968 e 1976, quando se aposentou.

Em meio ao período que defendeu o Fluminense, Félix acabou ganhando a confiança do técnico Zagallo, que apostou no goleiro como titular no Mundial de 1970. Naquela competição, na qual craques como Pelé, Rivellino, Gerson e Tostão consagraram uma das maiores seleções da história, Félix teve atuações destacadas principalmente nos jogos contra Inglaterra e Uruguai, este último pela semifinal.

Com a camisa do Fluminense, Félix foi campeão carioca em 1969, 1971, 1973 e 1975, além de vencedor da Taça de Prata em 1970, que depois acabou sendo reconhecido pela CBF como primeiro título brasileiro da equipe das Laranjeiras.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.