Divulgação
Divulgação

Morre o ex-jogador Vivinho, autor de gol histórico pelo Vasco

Ex-vascaíno ficou marcado por golaço contra a Portuguesa

Luciana Nunes Leal, O Estado de S. Paulo

13 de setembro de 2015 | 15h54

O ex-jogador Vivinho, autor do histórico gol do Vasco contra a Portuguesa em 1988, morreu na manhã deste domingo, 13, aos 54 anos, no Rio. Ele teve um desmaio, foi  socorrido e morreu no hospital estadual Getúlio Vargas, na Penha (zona norte). Segundo nota da Secretaria Estadual de Saúde, Vivinho foi internado às 9h08, "com quadro grave de parada cardiorrespiratória" e morreu às 10h20.

Há duas semanas, Vivinho fraturou o nariz depois de se chocar com o goleiro em um jogo de masters no Pará, e passou por uma cirurgia.

Vivinho entrou para a história do futebol ao receber uma bola na área e dar três lençóis no volante Capitão, da Portuguesa, antes de fazer o primeiro gol do Vasco, que venceu o time paulista por 4 a 2. O lance rendeu placa comemorativa do estádio São Januário, em São Cristóvão (zona norte).

Welves Dias Marcelino nasceu em Uberlândia (MG) e começou a carreira no time da cidade. Jogou também no Botafogo, Atlético Paranaense , Goiás, Fortaleza e Cabofriense, onde encerrou a carreira. O ex-jogador era pastor da Igreja Nova Vida e frequentava o templo de Higienópolis (zona norte). O ex-jogador tinha quatro filhos, de dois casamentos.

Nas redes sociais, o Vasco da Gama publicou o vídeo do gol histórico e fez uma homenagem ao ex-jogador: "Vivinho será eterno em nossos corações! A diretoria, como todos os vascaínos, lamentam o falecimento deste craque."

Tudo o que sabemos sobre:
VivinhoVascofutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.